UOL Esporte Futebol
 
15/11/2008 - 18h18

Na estréia como campeão em casa, Corinthians vence e sobe S. André

Carlos Padeiro
Em São Paulo
O Corinthians realizou na tarde deste sábado a sua primeira apresentação como campeão da Série B no estádio do Pacaembu e não decepcionou sua torcida. Venceu o Vila Nova por 3 a 1, com dois gols de Herrera e um de Alessandro, e ajudou o Santo André, terceira equipe a assegurar vaga na elite do Campeonato Brasileiro de 2009.

Durante a festa corintiana, os torcedores não gritaram "é campeão". Ecoou pelo estádio por várias vezes o brado "o Coringão voltou". Com o triunfo, o 24º na Série B, o time de Parque São Jorge chega a 82 pontos e segue disparado na ponta.

Quem também celebrou o resultado foi o Santo André. O clube do ABC paulista, que ganhou do Ceará na noite de sexta-feira, tem 64 pontos e não pode mais ser alcançado pelo quinto colocado. Assim, disputará a Série A no ano que vem.

Já o Vila Nova se complicou na tentativa de buscar o acesso. O time goiano segue com 55 pontos e fica a cinco do quarto colocado Grêmio Barueri, restando apenas duas rodadas para o término do certame. O gol de honra da equipe do técnico Givalnido Oliveira foi marcado por Pedro Junior, em cobrança de pênalti.

PRINCIPAIS LANCES
 Ricardo Nogueira/Folha Imagem
Jogadores do Corinthians comemoram gol da vitória por 3 a 1 sobre o Vila Nova
PRIMEIRO TEMPO
7min - Túlio recebe na área, pelo lado direito do ataque, corta pra trás e chuta na rede pelo lado de fora.
15min - André Santos recebe na área, finta o adversário e bate colocado. A bola explode na trave do goleiro Max.
35min - Herrera rouba a bola do zagueiro, invade a área e chuta para fora, próximo ao canto direito do gol de Max.
SEGUNDO TEMPO
3min - Herrera recebe nas costas da área e divide com o goleiro Max. Na seqüência do lance, Elias cruza na área e Bebeto desvia, mas o zagueiro salva em cima da linha do gol.
7min - GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Bebeto recebe na linha de fundo pelo lado direito e cruza rasteiro. Herrera se antecipa à defesa na área e desvia para o gol. A bola ainda toca no travessão antes de entrar.
12min - Herrera recebe sozinho, invade a área e chuta na saída de Max. A bola sai com perigo, rente à trave.
27min - André Santos recebe na área e chuta, porém pela segunda vez acerta a trave do gol de Max.
32min - GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Herrera recebe na área e dá um leve toque na saída de Max para marcar seu segundo gol no jogo.
35min - GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Enfiada de bola de Morais, e Alessandro chuta forte, no alto, para marcar o terceiro do Corinthians
38min - GOOOOLLLL DO VILA NOVA!!!! Pedro Júnior cobra o pênalti no canto esquerdo do goleiro, e Felipe cai para o outro lado
VEJA IMAGENS DA PARTIDA
CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO CORINTHIANS
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO VILA NOVA
Com os dois gols neste sábado, Herrera encerrou um jejum de sete partidas sem balançar as redes. O argentino ainda não sabe se continuará no clube brasileiro na próxima temporada. "Estou fazendo minha parte, espero que essa situação se resolva rapidamente porque estou muito contente aqui", afirmou, antes de deixar o campo ovacionado.

A vitória também serviu para se vingar do Vila Nova, último time a ganhar do Corinthians em 2008 - 2 a 1, no dia 9 de agosto. "É claro que tem um gosto especial. Eles foram responsáveis pelo nosso último resultado negativo. Mas aqui [no Pacaembu] quem manda é a nossa equipe", desabafou Felipe, que recebeu uma placa do ex-goleiro Ronaldo por ter alcançado a marca de 100 jogos pelo clube na partida contra o Juventude.

O jogo

Sob um forte calor no primeiro tempo, as duas equipes promoveram um duelo pouco movimentado. O Corinthians tomou a iniciativa do jogo e chegou com perigo ao gol do goleiro Max por quatro vezes.

O caminho para o ataque era o lado esquerdo, e foi por ali que surgiu a melhor chance dos donos da casa, quando André Santos recebeu na área, cortou para o meio e chutou colocado, acertando a trave. Herrera também finalizou por duas vezes, porém errou o alvo.

"Temos que jogar pelas laterais, o meio está muito fechado", ponderou o meia Douglas. "A gente está conseguindo manter a posse de bola, mas está difícil chegar porque eles estão fechados. È preciso ter mais movimentação, passar um cara de trás para surpreender o adversário", endossou o lateral-esquerdo André Santos.

O lance mais bonito dos primeiros 45 minutos não valeu. Osmar acertou uma bela bicicleta de dentro da área, e o goleiro Felipe espalmou, mas a arbitragem já havia assinalado impedimento.

"O time está marcando bem, sabendo encurtar o espaço, principalmente do Douglas, o cabeça deles. Agora é melhorar na saída e finalizar mais a gol", observou o goleiro Max. O Vila Nova ficou prejudicado porque perdeu dois jogadores por contusão com menos de 25 minutos de partida.

Mano Menezes realizou uma alteração durante o intervalo: sacou Lulinha, muito questionado pela torcida, para a entrada de Bebeto.

ANÁLISE DO JUCA
Crédito
"O Corinthians estava meio de ressaca na calorenta tarde paulistana no Pacaembu."
BLOG DO JUCA KFOURI
A alteração surtiu efeito, e o Corinthians encurralou o time goiano no início do segundo tempo. Três minutos depois de quase abrir o placar, Bebeto apareceu na linha de fundo e cruzou rasteiro. Herrera se antecipou à zaga e desviou para as redes.

Aos 32min, depois de desperdiçar uma primeira oportunidade na cara do gol, Herrera recebeu de Douglas, invadiu a área e deu um leve toque na saída de Max, para marcar seu 12º gol na Série B.

Três minutos depois, Alessandro fez o terceiro, após passe de Morais. Aos 38min, Pedro Junior converteu um pênalti para o Vila Nova e fechou o placar: 3 a 1.

CORINTHIANS 3 X 1 VILA NOVA

CORINTHIANS
Felipe; Alessandro, Diego, William e André Santos; Cristian, Elias (Perdigão), Morais, Lulinha (Bebeto) e Douglas; Herrera (Careca)
Técnico: Mano Menezes

VILA NOVA
Max; Osmar, Valença, Luis Carlos e Marcel (Fernandinho); Álisson, Heleno, Alex Oliveira (Amaral) e Carlinhos; Pedro Júnior e Túlio Maravilha (Bruno).
Técnico: Givanildo Oliveira

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Djalma Beltrami (Fifa-RJ)
Auxiliares: Katiuscia Mayer Berger Mendonça (Fifa-ES) e Marcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Cartão amarelo: Carlinhos (VN)
Gols: Herrera (C), aos 7min e aos 32min, Alessandro (C), aos 35min, e Pedro Junior (VN), aos 38min do segundo tempo

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host