UOL Esporte Futebol
 
16/11/2008 - 18h50

Com 2 de Borges, São Paulo vence Figueira e consolida liderança

Jorge Corrêa*
Em São Paulo
O jogo parecia fácil, mas enganou. Com o Morumbi lotado, o São Paulo teve de brigar muito no segundo tempo, mas conseguiu vencer o Figueirense por 3 a 1, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, o time tricolor confirmou por mais uma rodada a liderança da competição nacional, consolidando a ponta da tabela.

ASSISTA AOS GOLS DA PARTIDA
Com a vitória do Grêmio por 2 a 1 sobre o Coritiba, no estádio olímpico, no fechamento do rodada, o São Paulo manteve os mesmo dois pontos de vantagem para o segundo colocado da tabela. Na próxima rodada, o time paulista enfrenta o Vasco, em São Januário, enquanto o vice-lanterna Figueirense pega o Náutico, em Florianópolis.

Apoiado pela torcida, que mais uma vez lotou o estádio, o São Paulo não teve problemas para abrir 2 a 0 no primeiro tempo, com dois gols de Borges. Mas nos últimos minutos da etapa inicial, Cleiton Xavier diminuiu, iniciando a preocupação são-paulina. O time visitante pressionou muito no segundo tempo, mas Hugo marcou o terceiro.

Borges considerou a atenção que a equipe são-paulina dispensou ao vice-lanterna do Brasileiro como fundamental para a quinta vitória consecutiva do time na competição nacional. "Nós sabíamos que tínhamos de respeitar bastante o Figueirense para fazer o nosso papel", afirmou o autor dos dois primeiros gols da equipe da casa.

PRINCIPAIS LANCES
Vipcomm
Borges marcou dois gols na vitória do São Paulo sobre o Figueirense
PRIMEIRO TEMPO
3min - Miranda recebe na ponta esquerda e bate para trás. Borges tenta, de letra, e a bola passa à direita do gol, assustando Wilson.
8min - GOOOOOOOOOL DO SÃO PAULO!!! Jorge Wagner cruza da direita. Na marca do pênalti, Borges consegue o desvio e a bola morre no canto direito de Wilson.
14min - Joilson consegue roubar a bola de Diogo. Ele sai na cara do gol e chuta desequilibrado. Wilson consegue a defesa. No rebote, Borges bate nas redes pelo lado de fora.
23min - Jean toca em Borges e passa. O atacante domina e escora para o chute. Jean chega batendo colocado e a bola passa raspando a trave esquerda de Wilson.
24min - GOOOOOOOOOOOL DO SÃO PAULO!!! Depois do cruzamento de Dagoberto, Asprilla, zagueiro do Figueirense, falha, e a bola sobra para Borges. O atacante domina e bate na saída de Wilson.
43min - GOOOOOOOOOOL DO FIGUEIRENSE!!! Cleiton Xavier faz boa jogada e bate da entrada da área. A bola desvia em Miranda e mata Rogério Ceni.
SEGUNDO TEMPO
6min - Jean recebe e arrisca de fora da área. Ele pega bem na bola e obriga Wilson fazer boa defesa. Escanteio para o São Paulo.
10min - Rafael Coelho arrisca na cobrança de falta. Ele bate forte, mas sem direção.
28min - GOOOOOOOOOL DO SÃO PAULO!!! Joilson faz boa jogada pela direita e cruza para Hugo. Sem goleiro, o camisa 18 apenas escora para o fundo das redes.
32min - Depois do cruzamento na área do São Paulo, Tadeu consegue a cabeçada e Rogério Ceni faz boa defesa.
42min - Depois de cruzamento de Joilson, a bola passa por todo mundo e Dagoberto, sem goleiro, manda para fora.
IMAGENS DA RODADA DESDE DOMINGO
CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRO
LUXA OU MURICY. QUEM É MELHOR?
JUCA KFOURI: "SÃO PAULO ABSOLUTO"
COMENTE A VITÓRIA DO SÃO PAULO
MÁRIO SÉRGIO DEIXA FIGUEIRENSE
BORGES GANHA ELOGIOS E IRONIAS
RODRIGO NÃO ENFRENTA O VASCO
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO FIGUEIRENSE
O São Paulo começou indo com tudo para cima do Figueirense e não tomou conhecimento do time catarinense nos primeiros minutos de jogo. Depois de tentar de letra aos 3min, Borges conseguiu abrir o placar com apenas 8min. Após cruzamento de Jorge Wagner, o são-paulino se antecipou à defesa adversária e anotou de cabeça.

O gol pareceu ter feito bem ao Figueira, que melhorou na partida e passou a pressionar o time da casa. Mesmo assim, a equipe visitante falhava na hora da finalização e o goleiro Rogério Ceni pouco trabalhava. Mas mesmo atuando de forma mais defensiva, o São Paulo chegava com perigo ao gol adversário em jogadas de contra-ataque.

A partir dos 15min do primeiro tempo, com o Figueirense praticamente todo em seu campo de defesa, o time tricolor teve de exercitar a paciência. E foi tocando a bola com tranqüilidade no meio campo que o São Paulo conseguiu ampliar o placar. Com 24min, Dagoberto lançou a bola, a defesa catarinense falhou, e Borges tocou na saída de Wilson para marcar o seu segundo gol na partida.

Os visitantes não reagiram na mesma forma ao segundo gol tomado. Prevendo que uma saída coletiva ao ataque poderia levar a uma goleada, a equipe catarinense seguiu jogando na retranca, tentando a ligação direta com o ataque. As poucas investidas do Figueirense eram facilmente rechaçadas pela defesa são-paulina.

Mas em uma falha da defesa do São Paulo, o time catarinense conseguiu diminuir o placar no estádio do Morumbi. Aos 43 min, depois de brigar na entrada da área, Cleiton Xavier chutou fraco com o bico da chuteira, mas a bola desviou e matou o goleiro Rogério Ceni.

Esse gol levado no final do primeiro tempo irritou os são-paulinos, que foram chateados para o intervalo.

"Estávamos bem à frente e terminamos com esse vacilo. Foi uma desatenção total", disse Borges, seguido por Jorge Wagner. "Precisamos ter concentração até o final, pois eles têm uma equipe com um contra-ataque muito forte e rápido."

Assim como no primeiro tempo, o São Paulo começou a etapa complementar pressionando o Figueirense. Com os adversários bem colocados na defesa, as melhores chances do time tricolor eram em chutes de longa distância. Com menos paciência, os donos da casa erravam passes e os visitantes contra-atacavam.

"Acho que jogamos muito bem no primeiro tempo, não só a minha atuação, mas de toda a equipe. Cometemos apenas um erro, que foi fatal, mas ainda sim a nossa etapa inicial foi muito boa. Passamos por um momento difícil, pois o time deles está uma situação complicada e precisava sair, mas sabíamos que era só encaixar mais um ataque", disse Borges.

Depois da investida inicial ao ataque, os donos da casa é que passaram a ficar mais em seu campo de defesa. Com isso, os visitantes não se intimidaram e passaram a pressionar os tricolores. Mas quando o Figueirense estava melhor, o São Paulo ampliou. Aos 28min, Joilson fez jogada individual e rolou para Hugo dar números finais ao placar.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Rodrigo, Miranda e Anderson; Joilson, Jean, Hernanes (Jancarlos), Hugo e Jorge Wagner; Borges (Richarlyson)e Dagoberto (Éder Luis)
Técnico: Muricy Ramalho

FIGUEIRENSE
Wilson; Gomes, Rafael Lima e Asprilla; Diogo, Ramon, Roger (Anderson Luis), Cleiton Xavier, e William Matheus (Bruno Santos); Rafael Coelho e Lima (Tadeu)
Técnico: Mário Sérgio

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 16/11/2008 (domingo)
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e José Javel Silveira (RS)
Público: 58.518 pagantes
Renda: 1.224.735,00
Cartões amarelos: Asprilla, Rafael Lima (Fig); Rodrigo (SP)
Gols: Borges, aos 8min e aos 24min, Cleiton Xavier, aos 43 min do primeiro tempo. Hugo, aos 28min do segundo tempo.

*Atualizada às 21H05

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host