UOL Esporte Futebol
 
05/03/2009 - 00h04

Em jogo de defesas, Náutico fica no empate com o Moto Club

Do UOL Esporte
No Recife
Na noite desta quarta-feira, o Náutico voltou a disputar uma partida da Copa do Brasil após 307 dias, desde quando foi eliminado pelo Atlético/MG, no último ano. Em um jogo onde as defesas sobressaíram, os alvirrubros iniciaram a trajetória na competição nacional empatando, em 1 a 1, com o Moto Club, em São Luís do Maranhão. Com esse resultado, um empate sem gols no jogo da volta, no dia 18, classifica o Náutico para a próxima fase da competição.

O gramado molhado do estádio Nhonzinho Santos fez o treinador Roberto Fernandes iniciar a partida com o volante Galliardo e o atacante Adriano Magrão na equipe titular, buscando dar mais consistência ao time alvirrubro. Porém, quem começou mostrando perigo foi o Moto Club que, nos primeiros minutos do jogo, quase abriu o placar Rubsen e Diego Souza.

Em um início de jogo puxado, a resposta do Náutico veio em um contra-ataque rápido, aos nove minutos, com Adriano Magrão que, após receber lançamento pela direita do campo, chutou forte para a defesa do goleiro Flaubert.

Sofrendo para vencer a defesa bem postada do Moto Club, os pernambucanos encontraram dificuldades para chegar à área adversária, tendo as jogadas minadas ainda na intermediária do campo. Com isso, a solução encontrada pelo volante Galliardo foi arriscar de longa distância, aos 18 minutos, parando nas maõs de Flaubert.

Atuando como meia, o atacante Carlinhos Bala sentiu dificuldades para trabalhar no setor de criação, uma vez que o primeiro tempo foi marcado pela forte marcação das equipes. Para levar o jogo ao ataque, Carlinhos teve de buscar a bola no campo de defesa do time pernambucano.

Em contra-ataques perigosos, o time Maranhense chegou novamente aos 20 minutos. Numa triangulação que começou nos pés de Kelson, Rubsen deixou Róbson Dentinho livre para chutar, pela esquerda, carimbando o travessão de Eduardo.

"Tivemos uma grande chance no início do jogo, com o Adriano Magrão, mas não marcamos, perdendo a oportunidade de trabalhar com mais tranquilidade. O Moto quando perde a bola, marca todo atrás, por isso, temos que movimentar bem a bola", analisou o treinador Roberto Fernandes na saída para o intervalo.

Dispersos na volta para o segundo tempo, os alvirrbros, em uma falha generalizada, viram o Moto Club abrir o placar logo aos três minutos. Após falta de Carlinhos Bala em Cleiton, o ábritro deu a lei da vantagem, mas o time pernambucano parou em campo. Oportunista, Rubsen tocou rápido para Diego Souza abrindo o placar para o rubronegro do Maranhão.

Partindo em busca do empate, o Náutico arriscou com Carlinhos Bala e Gilmar, que igualou o placar aos 19 minutos. Aproveitando a falha de marcação de Róbson Dentinho, Gilmar recebeu passe de Carlinhos Bala, entrou na área do Moto Club e chutou sem dar chances de defesa para o goleiro Flaubert.

Após o gol do Náutico, o Moto Club diminuiu o ritmo do jogo devido ao cansaço, mas não abriu mão das chegadas ao ataque, em jogadas de Rubsen e Róbson Dentinho, que assustou o goleiro Eduardo ao acertar o lado de fora das redes alvirrubras, aos 27.

Para dar mais qualidade ao meio-campo pernambucano, Roberto Fernandes colocou Dinda na vaga de Adriano Magrão. Mais veloz e aproveitando o recúo do Moto Club, o Náutico teve chance de virar o jogo com Gilmar e Anderson Lessa, que substituiu o zagueiro Asprilla. Porém, o jogo terminou em 1 a 1.

MOTO CLUB 1 x 1 NÁUTICO

Moto Club
Flaubert; Domício, Jean Carioca, Tilão e Róbson Dentinho; Cleiton, Valtinho, Fabinho (Marvin) e Kélson (Ricardinho); Rubsen e Diego Souza (Henrique Maia)
Técnico: José Carlos Brasília

Náutico
Eduardo; Vágner, Gladsotne e Asprilla (Anderson Lessa); Carlinhos, Galliardo, David (Juliano), Carlinhos Bala e Johnny; Gilmar e Adriano Magrão (Dinda)
Técnico: Roberto Fernandes

Data: 04/03/2009 (quarta-feira)
Local: estádio Nhozinho Santos, em São Luís do Maranhão
Árbitro: Antônio Santos Nunes (PI)
Auxiliares: Francisco Gaspar e Francisco Pereira de Lima (PI)
Cartões amarelos: Carlinhos e Asprilla (Náutico); Cleiton (Moto Club)
Gols: Rubsen, aos três, e Gilmar, aos 19 minutos do segundo tempo

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host