UOL Esporte Futebol
 

Hernanes marcou um belo gol no primeiro tempo e ajudou o São Paulo a vencer

15/03/2009 - 20h02

São Paulo vence, cola no Corinthians e 'respira' para Libertadores

Carlos Padeiro
Em São Paulo
O São Paulo fez o dever de casa e agora pode pensar em paz no compromisso de quarta-feira pela Copa Libertadores. Neste domingo, no Morumbi, o time tricolor ganhou do Marília por 2 a 1, com gols de Hernanes e Washington, e segue entre os quatro primeiros colocados no Campeonato Paulista, condição que lhe assegura uma vaga nas semifinais.

Com a vitória, a nona pelo Estadual, o São Paulo soma 29 pontos e termina mais uma rodada na terceira colocação, agora a apenas um ponto do vice-líder Corinthians, que empatou com o Santo André. O Marília foi às redes com João Vitor, porém continua na zona de rebaixamento, com 13 pontos.

Depois de duas derrotas seguidas longe do Morumbi - uma delas com os reservas em campo -, o técnico Muricy Ramalho colocou os titulares para disputarem o Paulistão. O clube tricolor ganhou duas em casa - na última quinta, goleou o Mirassol por 5 a 0 - e agora volta a focar a Libertadores.

Quarta-feira, o duelo será contra o Defensor Sporting, no Uruguai, pela terceira rodada do Grupo 4. "Não dá muito tempo de desligar [do Paulista]. Serão somente dois dias de preparação e quarta já acontece o jogo. Temos que concentrar no que a gente mais almeja, que é a Libertadores", ponderou Rogério Ceni.

Hernanes marcou um belo gol, o seu quarto na temporada. "Peguei um bom chute de fora da área. É uma característica que todos conhecem e consegui fazer o gol", celebrou o camisa 10.

PRINCIPAIS LANCES
PRIMEIRO TEMPO
13min - Hernanes lança Jorge Wagner nas costas da zaga. O camisa 7 chuta rasteiro, e o goleiro Giovani defende em dois tempos
24min - GOOOOLLLL DO SÃO PAULO!!!! Hernanes arrisca um chute com curva da intermediária e acerta o ângulo esquerdo do gol do Marília
27min - Primeira chance do Marília. Rafael Mineiro avança pela direita e cruza na área. Ricardinho cabeceia, e Rogério Ceni defende com segurança no meio do gol
35min - Cláudio avança pelo lado direito do ataque e chuta da entrada da área. A bola tira tinta da trave do gol de Rogério Ceni
SEGUNDO TEMPO
7min - Rodrigo Costa vai à linha de fundo e cruza rasteiro. Rogério Ceni se joga no chão mas não pega nada, e Rodrigo tira antes da finalização do atacante do Marília
13min - GOOOOLLLL DO SÃO PAULO!!!! Borges lança Washington. O camisa 9 invade a área e dá um toque sutil, com o pé direito, no cantinho
25min - GOOOOLLLL DO MARÍLIA!!!! João Vitor arrisca o chute de longe e acerta o canto direito, sem chances para Rogério Ceni
40min - Washington recebe de Hernanes e chuta de fora da área. A bola desvia na zaga e o goleiro Giovani espalma pela linha de fundo
MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
MAIS NOTÍCIAS DO MARÍLIA
O jogo

Na etapa inicial, um confronto de pouca qualidade. O time da casa conseguiu superar a marcação adversária apenas uma vez, quando Hernanes enfiou a bola para Jorge Wagner, nas costas da zaga dos visitantes. O camisa 7 chutou da entrada da área, e o goleiro Giovani defendeu.

Sem capacidade para entrar na área rival, a equipe da capital abriu o placar em um chute de fora da área. Hernanes arriscou de longe, colocou curva na bola e acertou o ângulo, sem chances para o camisa 1 do Marília.

"Temos que explorar a bola parada e os chutes de fora da área, porque eles estão embolando ali no meio", observou Jorge Wagner, na saída para o intervalo.

Depois do gol, a equipe do interior passou a frequentar mais o ataque e quase empatou com Cláudio, aos 35min. Ele ganhou da zaga na velocidade e chutou pra fora - a bola 'tirou tinta' da trave do gol de Rogério Ceni.

O capitão são-paulino deu uma bronca no time ao final do primeiro tempo. "Erramos muitos passes, aí o time perde a bola e dá chances ao adversário. Precisamos ter mais a manutenção da posse de bola". Em toda partida, foram 50 passes errados pelo lado tricolor, segundo o Datafolha.

"Temos que ter mais velocidade para sair da defesa e, de repente, pegar eles mais desprevenidos", comentou Washington, pouco acionado nos 45 minutos iniciais.

O pedido do camisa 9 foi atendido. Em um rápido contra-ataque, ele recebeu um belo passe de Borges. Avançou, invadiu a área e deu um toque sutil, no canto direito do gol do Marília.

A dupla de ataque quase voltou a funcionar aos 21min, mas Washington parou na defesa quando tentou acionar Borges. O Marília respondeu aos 25min, com o gol de João Vitor. O camisa 7 chutou de longe e estufou as redes, sem chances para Rogério Ceni.

Nos minutos finais, o clube do interior ameaçou pressionar, porém não assustou Rogério Ceni. Do outro lado, o time paulistano não foi eficaz nos contra-ataques, e a partida terminou 2 a 1.

SÃO PAULO 2 X 1 MARÍLIA

São Paulo
Rogério Ceni; Renato Silva, Rodrigo e Miranda; Zé Luis (Arouca), Jean, Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar; Borges (Dagoberto) e Washington
Técnico: Muricy Ramalho

Marília
Giovani; Rafael Mineiro (Reinaldo), Flávio, Carlinhos e Adilio; Rodrigo Costa (Paulinho Dias), Francis, João Vitor, Ricardinho; Cláudio (Jô) e Robert
Técnico: Leandro Campos

Data: 15/03/2009 (domingo)
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Carlos Roberto dos Santos Jr. (SP)
Assistentes: Carlos Alberto Funari e Mauricio Helder Luiz Alexandrino (ambos de SP)
Cartões amarelos: Junior Cesar (SP), Hernanes (SP); Flávio (M), Adílio (M)
Gols: Hernanes (SP), aos 24min do primeiro tempo; Washington (SP), aos 13min, João Vitor (M), aos 25min do segundo tempo,
Público 9.653 (9.626 pagantes)
Renda R$ 234.290,00

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host