UOL Esporte Futebol
 
03/04/2009 - 07h05

Jogo à tarde supera média de público do São Paulo

Rafael Prada
Em São Paulo
A vitória sobre o Guaratinguetá por 2 a 1, na última quinta-feira, apesar de garantir o São Paulo na semifinal do Campeonato Paulista, não surpreendeu o torcedor no estádio do Morumbi. Destaque mesmo foi o número de pessoas presentes para uma partida às 15h45: 13.050, número que supera a média de público do clube em todo o Estadual.

OS PÚBLICOS DO SÃO PAULO
São Paulo 1 x 1 Ituano11.402
São Paulo 0 x 2 S. André14.253
São Paulo 2 x 1 Bragantino3.935
São Paulo 2 x 1 P. Preta5.603
São Paulo 1 x 1 Corinthians34.065
São Paulo 3 x 0 Oeste4.798
São Paulo 5 x 0 Mirassol5.047
São Paulo 2 x 1 Marília9.653
São Paulo 1 x 0 Palmeiras18.289
São Paulo 2 x 1 Guará13.050
Total de público presente120.095
Média da primeira fase12.009
SÃO PAULO BATE GUARÁ E AVANÇA
DAGOBERTO ENCERRA JEJUM
JOGO À TARDE SUPERA MÉDIA
MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
VEJA CLASSIFICAÇÃO INTERATIVA
KAKÁ, PALHINHA OU PEDRO ROCHA?
Com dez jogos disputados em casa pelo Paulista até o momento, o São Paulo tem um público total de 120.095 presentes, incluindo a partida de quinta. Desta forma, atinge a média de 12.009 torcedores por jogo. Número abaixo do público que viu a vitória sobre o Guará.

Para o web designer Paulo, que faltou ao trabalho e preferiu não revelar seu sobrenome, o horário da tarde durante a semana acaba atingindo outra faixa de público: famílias e estudantes. Apesar de comum a presença deste tipo de torcedor no Morumbi, o número era realmente maior do que o habitual.

"O horário pode ser ruim, com certeza. Mas existe outro tipo de público que acaba beneficiado por essa mudança, principalmente os estudantes que não têm carro ou pais que não podem trazê-los ao estádio", afirmou o são-paulino, que prometeu compensar o dia ausente com horas extras no sábado.

Para confirmar a teoria do torcedor, um grupo de alunos do ensino médio do Colégio Visconde de Porto Seguro, localizado perto do estádio do Morumbi, havia saído da aula por volta das 13h e foi direto assistir ao jogo do São Paulo. Sem pais ou alguém para lhes guiar, ainda aproveitaram o preço único de R$ 20 pelos ingressos.

De acordo com o técnico Muricy Ramalho, nem mesmo o horário iria afastar o torcedor mais fanático, já que o time vinha de uma vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, líder do Campeonato Paulista e que estava invicto até então.

"O que ajudou foi o resultado contra o Palmeiras, a torcida se anima, né? E hoje tínhamos um público diferente, mulheres, crianças...Mas muita gente não pôde vir porque trabalhou, eu tenho vários amigos que não conseguiram vir. Mas quem esteve aqui sabia que precisávamos muito e nos ajudou bastante", concluiu o treinador são-paulino.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host