UOL Esporte Futsal
 
11/03/2001 - 15h48

Final da Taça Brasil de Futsal é interrompida e título é dividido

L! Sportpress
No Rio de Janeiro

A final da Taça Brasil de Futsal, disputada entre Carlos Barbosa e Sumov, foi marcada pela confusão a dois minutos do final da partida.

Na comemoração do empate do Sumov, a torcida cearense jogou diversas latas de refrigerante, cerveja e vários outros objetos na quadra, interrompendo a partida. Depois de muita confusão, a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) resolveu proclamar as duas equipes campeãs da competição.

A partida foi interrompida quando o placar era de 2 a 2. Índio e Vinícius marcaram para o Carlos Barbosa e Marcelinho e o goleiro Angelo para o Sumov.

As duas equipes fizeram uma partida muito disputada. Empurrado pela torcida cearense, o Sumov foi com tudo para cima do adversário. Lavoisier fechava o gol do Carlos Barbosa, que não conseguia passar do meio da quadra.

Mas depois da pressão inicial, a equipe gaúcha equilibrou o jogo e logo chegou a seu gol. Em jogada rápida pela direita, Fininho lançou Índio na esquerda, que tocou por cobertura, na saída de Franklin.

O gol acalmou a equipe do Carlos Barbosa, que passou a tocar a bola e a sair em contra-ataques. Em um deles, novamente Fininho fez jogada pela direita e arriscou o chute. Franklin, goleiro da seleção, fez ótima defesa.

No segundo tempo, o Sumov teve de partir novamente para cima. Mas o Carlos Barbosa, melhor colocado em quadra, jogava nos contra-ataques. E a tática gaúcha deu resultado. A dez minutos do fim do jogo, Lavoisier lançou Vinícius, que limpou a marcação e chutou colocado, no alto.

Faltando cinco minutos para o fim do jogo, o Carlos Barbosa recuou, dando espaço para o time do Ceará armar suas jogadas de ataque. O goleiro Angelo entrou no lugar de Franklin e se tornou mais um jogador de linha. E com um chute seu, a dois minutos do fim, o Sumov diminuiu.

Angelo recebeu livre no meio da quadra, dominou e, sem marcação, arriscou. A bola bateu na defesa e enganou Lavosier.

Trinta segundos depois, Marcelinho recebeu dentro da área, limpou a marcação e chutou cruzado, no alto, sem defesa para Lavoisier. Era o empate do Sumov.

Mas, inexplicavelmente, a torcida do Sumov, no lugar de comemorar e empurrar o time para a virada, resolveu jogar latas de cerveja e refrigerante e outros objetos na quadra. A partida foi interrompida pela arbitragem.

Os jogadores das duas equipes se reuniram e resolveram continuar a partida. Mas a torcida continuou jogando latas na quadra e, por não haver policiamento suficiente no ginásio lotado, a partida foi encerrada.

Para terminar com chave de ouro a confusa final da Taça Brasil de Futsal, a CBFS proclamou as duas equipes campeãs da competição.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host