UOL Esporte Futsal
 
11/03/2010 - 07h00

Polícia recupera pedaço de madeira que matou jogador de futsal

Herculano Barreto Filho
Em São Paulo
  • Lasca que perfurou corpo de Robson estava com a sua família

    Lasca que perfurou corpo de Robson estava com a sua família

A polícia recuperou o pedaço de madeira que se desprendeu do piso e atingiu o jogador de futsal Robson Rocha Costa quando ele deu um carrinho em jogo disputado neste sábado no ginásio Joaquim Prestes, em Guarapuava, no Paraná. A lasca de 45 centímetros foi retirada e entregue à família do atleta enquanto ele era atendido no Hospital São Vicente de Paulo.

Robson morreu no domingo, um dia depois do acidente, em decorrência de uma hemorragia interna. A madeira entrou pelo quadril do atleta, atingindo o seu intestino. A vítima defendia o Clube Atlético Deportivo contra o Palmeiras Jundiaí, pelo Torneio Guarapuava 200 anos.

Os familiares do rapaz de 23 anos também entregaram à polícia os tênis e as meias que ele usava no momento do acidente. O material pode servir de apoio ao trabalho que está sendo feito pela perícia na quadra de futsal. “Podemos encontrar algumas respostas sobre o estado de conservação da quadra. Vamos aguardar para saber se existe a necessidade de levar o material para o ginásio onde está sendo feita a perícia”, disse a delegada Maritza Maira Haisi, da 14ª Subdivisão de Guarapuava.

A perícia, que deveria ser concluída nesta semana, foi prorrogada. Segundo a delegada, a análise do piso da quadra só deve terminar em 15 dias. “O grau de dificuldade é grande, porque vamos precisar remover todo o material. Vamos precisar de mais tempo do que imaginávamos”, explicou a delegada Maritza Maira Haisi, da 14ª Subdivisão de Guarapuava. Os peritos contarão com a ajuda de uma empresa especializada na instalação de quadras de futsal para que seja feita a retirada do piso.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host