UOL Esporte Futsal
 
26/10/2009 - 21h18

Malwee vence duas vezes e está na final da Liga Futsal 2009

Do UOL Esporte
Em São Paulo
A Malwee Futsal está na final da Liga Futsal 2009. O time chega pelo quinto ano consecutivo à decisão da competição mais importante do salonismo nacional. A conquista da vaga veio com duas vitórias, na noite desta segunda-feira), sobre o Zaeli/Penalty/Umuarama. No jogo de volta da semifinal, realizado na Arena Jaraguá, a equipe venceu o tempo normal, por 4 a 1, levando a decisão da vaga para o tempo extra, em que os donos da casa venceram por 1 a 0.

Agora o time de Santa Catarina, que tenta o quarto título da Liga, aguarda a definição de seu adversário na final. Nesta terça-feira, Carlos Barbosa e Florianópolis Futsal farão o jogo de volta da outra semifinal. Quem vencer o duelo na serra gaúcha ficará com a vaga na decisão, que tem seu primeiro jogo marcado para a sexta-feira. O título será definido, no dia 2 de novembro, em Jaraguá do Sul (SC).

O jogo
Com a obrigação de vitória, após perder o jogo de ida por 5 a 3, a Malwee Futsal tentou exercer pressão sobre o adversário. O volume de jogo, no entanto, foi contido, responsável, preocupado em não abrir espaços para a velocidade do time paranaense. A preocupação dos catarinenses não era em vão, tanto que o Umuarama quase abriu o marcador, quando Tiago avançou e acabou perdendo a bola, Cabreúva salvou, de cabeça, o que seria o primeiro tento da partida.

Aos poucos, o Zaeli se complicou com o acúmulo de faltas. Primeiro Falcão sofreu pênalti do goleiro Reginho, mas Alesi entrou e defendeu a cobrança de pênalti do artilheiro da Liga, aos 12min50. Na sequência, Lenísio teve a chance em um tiro livre da marca dos dez metros, porém o arqueiro reserva do Umuarama apareceu bem novamente e evitou o gol da Malwee.

Em mais uma cobrança de tiro livre, desta vez de Fernandinho, Alesi apareceu de novo e fez mais uma defesa. Mas na sequencia, em uma saída de bola errada do time do Paraná, Leco aproveitou bem o erro e chutou, de primeira, abrindo o marcador na Arena Jaraguá, aos 18min10.

Os jaraguaenses ampliaram ainda na etapa inicial. Em uma jogada trabalhada, Cabreúva passou para Falcão, que de frente para meta fez o segundo do time da casa, aos 19min23. "Tivemos muita paciência. Quando estamos na pressão as coisas não acontecem como imaginamos. Perdemos algumas chances, como no pênalti e nos tiros livres diretos, mas conseguimos o nosso objetivo. Agora tentaremos definir o jogo no início do segundo tempo para levar para a prorrogação", declarou Falcão, no intervalo da partida.

Já o personagem pelo lado do time paranaense, o goleiro Alesi lamentou as falhas nos minutos finais do primeiro tempo. "Minha missão é entrar para tentar defender pênaltis e tiros livres. Pude ser feliz, mas temos que evoluir para tentar o empate, com ele vamos para a final", comentou o arqueiro.

Na etapa final, os anfitriões conseguiram definir a vitória. Lenísio saiu de frente com Reginho e com categoria finalizou, marcando o terceiro da Malwee, aos 24min51. O placar fez com que o técnico do time paranaense, Paulinho Cardoso, colocou o goleiro Gian, que trabalha bem com os pés, em quadra. Mas quem marcou foi o time de Santa Catarina, com Chico, aos 27min50. O Zaeli/Penalty/Umuarama ainda descontou, com Augusto, aos 38min57, fechando o placar no tempo normal, em 4 a 1.

Tempo extra
A vitória da Malwee Futsal forçou a realização de um tempo extra, de 10 minutos (com dois tempos de cinco minutos cada), em que nenhum dos times detinha vantagem. A vitória para qualquer dos lados daria a vaga na final ao vencedor. "É um novo jogo. Só há 10 minutos para tentar a vitória, mas se mantermos a concentração e a dedicação podemos buscar a vitória", disse o pivô Lenísio.

A prorrogação começou com os visitantes tentando pressionar, principalmente usando o goleiro Gian no ataque, mas a resposta veio dos pés do arqueiro Tiago, que chutou duas vezes seguidas para as defesas de Gian, mas a sobra caiu nos pés do ala Falcão, que marcou seu 33º tento na competição, se consolidando na artilharia da Liga Futsal 2009, aos 41min43.

Em desvantagem, os paranaenses passaram a valorizar a posse de bola, sobretudo usando o goleiro Gian no ataque, porém a Malwee mostrou bom poder de marcação e evitou que a meta defendida por Tiago fosse ameaçada de forma efetiva, garantindo o triunfo e mais uma classificação para final de Liga Futsal.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host