UOL Esporte Ginástica
 
06/03/2010 - 23h15

Americana faz a festa da torcida em evento de ginástica nos EUA

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Rebecca Bross comemora ao vencer a Tyson Cup nos EUA

    Rebecca Bross comemora ao vencer a Tyson Cup nos EUA

A Federação Norte-Americana de Ginástica realizou neste sábado a Tyson Cup, principal evento de ginástica artística sediado nos Estados Unidos e com participação de atletas estrangeiros. E para delírio da torcida que lotou o DCU Center em Worcester, Massachusetts, foi uma ginasta dos Estados Unidos que roubou a cena.

Medalhista de prata no individual geral do Mundial de Londres no ano passado, Rebecca Bross, que treina no Texas, confirmou o favoritismo e faturou a medalha de ouro da Tyson Cup ao somar 60,550 pontos. A também americana Alexandra Raisman e a Venezuela Jessica Lopez completaram o pódio.

“Estou muito orgulhosa de mim mesma”, festejou Bross. “Ainda estamos no começo da temporada, e eu já me sinto preparada para o resto dela. Foi maravilhoso ver ginastas do meu ginásio [Nastia Liukin e Carly Patterson] ganharem este torneio em outros anos e depois ver tudo o que elas conquistaram, e eu espero que isso aconteça comigo também”.

A festa dos americanos só não foi maior porque um russo resolveu interferir. Quando tudo estava “preparado” para uma vitória de Jonathan Horton, Maxim Devyatovsky apareceu e ficou com a nota mais alta do individual geral, 90,600 pontos, faturando o ouro. Horton, com 90,150, teve de se contentar com a prata, e o também americano Chris Brooks (89,900) levou o bronze.

Nastia Liukin organiza evento

A Tyson Cup fez parte de um final de semana repleto de ginástica artística em Worcester, iniciado na sexta-feira com o Nastia Liukin Supergirl Cup, evento que recebeu o nome da multimedalhista olímpica. Organizada com o intuito de promover jovens ginastas, a competição foi vencida por Lexie Priessman, atleta de apenas 13 anos que treina em Ohio.

Não tenho palavras para descrever como foi ter meu próprio evento e poder ser comentarista de um torneio completo pela primeira vez na Universal Sports”, comemorou Liukin, que está afastada das competições desde agosto do ano passado, mas garante que não está aposentada. “Espero que essas garotas tenham aproveitado bastante e que se lembrem deste torneio para sempre, porque eu com certeza vou lembrar”.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host