UOL Esporte Ginástica
 
28/04/2010 - 12h44

COI tira medalha de bronze da ginástica chinesa por escândalo de idade

Das agências internacionais
Em Dubai (EAU)
  • Dong Fangxiao (d) recebe o bronze por equipes nos Jogos de Sydney

    Dong Fangxiao (d) recebe o bronze por equipes nos Jogos de Sydney

Após um longo processo de investigação, o Comitê Olímpico Internacional decidiu tirar uma medalha de bronze chinesa na ginástica artística em Sydney-2000, sob a acusação de o país ter usado uma competidora de forma irregular. A China teria usado uma atleta com idade inferior à permitida pela entidade.

O COI realizou investigações que comprovaram que a atleta Dong Fangxiao tinha apenas 14 anos durante os Jogos Olímpicos realizados na Austrália. Pelo regulamento, os atletas precisam completar 16 anos na temporada dos Jogos.

Os resultados de Dong foram anulados e sua medalha, conquistada na prova por equipes, foi oficialmente cassada. Com isso, os Estados Unidos herdaram a terceira colocação na competição, uma vez que a China foi favorecida pela participação da atleta para conquistar o bronze na ocasião.

Dong também teve anulados seus resultados individuais, com uma sexta colocação no solo e uma sétima posição nos saltos.

A investigação sobre a atleta começou quando a China foi acusada de usar atletas de forma irregular nos Jogos de Pequim, em 2008. Este caso foi esclarecido e o país-sede das Olimpíadas foi absolvido das acusações.

No caso de Dong, ela trabalhou com a equipe técnica da China em Pequim. Em seus dados cadastrais, a data de nascimento registrada - 23 de janeiro de 1986 - mostra que ela tinha 14 anos em 2000, diferentemente de seus dados cadastrais junto à Federação Internacional de Ginástica - 20 de janeiro de 1983.

Yang Yun, outra acusada, recebeu uma notificação, já que em seu caso não houve provas suficientes para provar a adulteração de sua idade.

Atletismo: Brasil aguarda

A equipe brasileira de atletismo que foi medalhista de prata no revezamento 4 x 100 m em Sydney-2000 ainda aguarda para tentar herdar um ouro nos Jogos. Em 2008, o velocista norte-americano Tim Montgomery confessou o doping na ocasião, o que pode dar a medalha para o time verde-amarelo.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host