UOL Esporte Ginástica
 
24/07/2010 - 09h01

Jade Barbosa obtém aval médico para voltar à seleção brasileira

Cristiano Cipriano Pombo
Da Folhapress
Em São Paulo
  • Jade Barbosa foi liberada por uma junta médica indicada pela confederação de ginástica

    Jade Barbosa foi liberada por uma junta médica indicada pela confederação de ginástica

Jade Barbosa viu cair nesta sexta-feira o primeiro entrave para voltar a integrar a seleção nacional de ginástica artística. Isso porque a atleta foi liberada pela junta médica indicada por confederação de ginástica (CBG), COB, Flamengo e sua família para participar da rotina do time brasileiro, que está cumprindo dez dias de treinos no Rio.

A decisão foi anunciada à atleta na tarde desta sexta, quando ela teve que alterar o horário de suas práticas e viu o pai, Cesar Barbosa, assinar termo responsabilizando-se por sua condição física. Após a ressonância magnética feita na terça, em hospital indicado, segundo a família, pelo COB, os médicos constataram que Jade pode treinar, apesar da lesão crônica em sua mão direita. ‘Assinei o termo de responsabilidade. Jade está de volta à seleção’’, disse o pai da atleta.

Ele diz ter recebido o documento do supervisor da CBG, Klayler Mourthé. E revela que só não obteve o laudo final assinado pelos médicos porque um deles, João Granjeiro (COB), estava viajando. Agora, após ter passado dois anos fora da seleção -a última vez fora na Olimpíada de 2008-, resta à ginasta superar os outros dois obstáculos para competir pelo país: a parte técnica e a assinatura de contrato com a CBG.

No primeiro ponto, a atleta, mesmo sem estar 100% como há três anos, exibiu potencial ao ser o maior nome do Troféu Brasil, em maio. Já o segundo ponto irá colocar outra vez a família de Jade, 19, e a direção da CBG na mesa de negociações.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host