UOL Esporte Ginástica
 
24/01/2009 - 09h00

Após ser "mandado embora" do Fla, Diego faz mistério sobre futuro

Caio Jobim
Da Folhapress
No Rio de Janeiro
O presidente do Flamengo, Márcio Braga, confirmou em reunião na tarde de sexta-feira com Jade Barbosa e os irmãos Diego e Daniele Hypólito que os contratos dos ginastas não serão renovados em 2009, assim como os de todos os outros atletas olímpicos do clube, exceto os do remo e do basquete. Com isso, eles devem deixar o clube.

AFP
Diego Hypólito vive mau momento desde a crise iniciada nos esportes olímpicos do Fla
HYPOLITO: "FOI UMA GRANDE FACADA"
BRAGA CONFIRMA FIM DA GINÁSTICA
MAIS NOTÍCIAS SOBRE A MODALIDADE
Magoado, Diego disse na entrevista coletiva após a reunião, ao lado de Márcio Braga, que a notícia "foi uma facada muito grande". "Não tem solução. E o que eu vi é que a gente está aqui no Flamengo de favor. Agora a gente decide o que quer fazer. Somos dos esportes olímpicos, mas somos profissionais."

Dizendo ter ficado "sem rumo" após a reunião, Diego disse que não sabe se ficará no Flamengo. "Eu e a Daniele já temos um lugar para ir [treinar]", afirmou, sem revelar o local. Braga admitiu que os ginastas estão liberados para procurar outros clubes embora tenha afirmado que vai tentar buscar patrocínio para mantê-los.

"Eu me sinto bastante desvalorizado e elas [Jade e Daniele] também, porque aqui temos um bicampeão mundial, atletas que já foram à Olimpíada e medalhistas de Copa do Mundo. Como a gente vai manter nosso padrão de treino sem ter condições mínimas? A Jade está tendo até que andar de ônibus devido à condição financeira", falou Diego, que, como as ginastas, está com pelo menos três meses de salários atrasados.

Ele disse que chegou à reunião com esperanças de que a situação fosse resolvida. "Achei que era mais uma dessas situações em que o Flamengo ameaça acabar com os esportes olímpicos. Por mais que a ginástica não arrecade dinheiro, ela tem uma história de tradição no Flamengo. Dei a ideia de fazer um boneco meu ou camiseta, mas disseram que não adianta."

No novo modelo de gestão de Braga, os recursos do futebol não serão mais usados nos demais esportes. "É o futebol que sustenta as outras atividades. Esse modelo morreu."

De novo Braga atacou o COB. "Temos que fazer o recurso vir direto do governo para cá. Por que chegam R$ 10 milhões para consultorias [para a candidatura Rio-2016] e aqui não chega nada? Se parte destes recursos chegasse aqui, os atletas não estariam insatisfeitos hoje."

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host