UOL Esporte Golfe
 
05/04/2010 - 11h12

No retorno, Tiger Woods treina logo cedo antes de sua primeira coletiva

Das agências internacionais
Em Georgia (EUA)
  • Em seu retorno ao circuito, Woods aproveitou para treinar logo cedo para o Masters de Augusta

    Em seu retorno ao circuito, Woods aproveitou para treinar logo cedo para o Masters de Augusta

Tiger Woods não perdeu tempo na preparação para seu retorno ao golfe no Masters de Augusta. O golfista número 1 do mundo foi para o campo logo após as 8h, assim que ele foi liberado, e jogou o primeiro buraco antes mesmo de os fãs chegarem para assistir ao melhor do mundo nesta segunda.

Woods também treinou no dia anterior, quando ganhou um grande abraço de um velho amigo, além de algumas palavras de motivação para seu retorno ao circuito. “Este é o lugar ao qual você pertence. Isso é o que você ama fazer”, disse Mark O’Meara à Woods enquanto os dois andavam pelo 10º fairway no domingo.

Desde que sofreu o acidente automobilístico em 27 de novembro de 2009, que deu origem às revelações de seus casos extraconjugais, Woods se conteve ao máximo em seus comentários. Ele publicou dois comunicados sobre sua infidelidade em seu site, falou por 13 minutos com um pequeno grupo de pessoas em 19 de fevereiro, anunciou seu retorno ao golfe e deu duas entrevistas de cinco minutos para canais de TV.

Woods participará nesta segunda de uma coletiva de imprensa pela primeira vez desde que os escândalos sobre sua vida pessoal vieram a público. Sua entrevista gerou tanto interesse que os organizadores do evento pediram aos veículos de mídia que mandem apenas um repórter para que ninguém fique de fora do centro de imprensa de 207 lugares.

A coletiva desta segunda, no entanto, não tem restrições. Woods não estará lendo um texto para a câmera. O golfista número 1 do mundo enfrentará um salão cheio de repórteres cheios de perguntas. Foi a própria organização do Masters de Augusta que pediu para que Woods falasse na segunda-feira, para que ele não “roube” o show dos muitos outros jogadores que darão entrevistas na terça.

“Sempre vão existir perguntas, mas ele já declarou o que fez. Ele admitiu sua culpa e agora está na hora de ele fazer as coisas corretamente. Ele saberá como, é um cara durão”, falou O’Meara, que tem 16 títulos de PGA Tour na carreira.

Quanto à qualidade do golfe do número 1 do mundo após tanto tempo parado, O’Meara disse: “Ele bateu muito bem na bola hoje [domingo]. Ele tem praticado nas últimas três ou quatro semanas. Está pronto. Será difícil, mas se alguém pode lidar com isso, é ele.”

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host