Esporte

Código de vestimenta para mulheres causa polêmica no golfe americano

Elsa/Getty Images
Lydia Ko em ação no Aberto dos Estados Unidos com saia que será proibida Imagem: Elsa/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

16/07/2017 08h39

De acordo com reportagem do jornal espanhol "Marca", a LPGA, organizadora do circuito profissional feminino de golfe dos Estados Unidos, causou polêmica ao impor código de vestimenta para as jogadoras que proíbe decotes e impõe restrições para saias, shorts e leggings. Quem descumprir o regulamento terá de pagar multa de ao menos mil dólares (cerca de R$ 3,2 mil).

De acordo com o código, que proíbe o uso de blusas com decotes, saias e shorts devem ser longos o bastante para que o corpo da jogadora não seja exposto “a qualquer momento”, esteja ela de pé ou agachada. Além disso, leggings só podem ser utilizadas se estiverem cobertas por outra peça de roupa.

As jogadoras foram informadas sobre o código por meio de e-mail enviado no último dia 2 por Vicki Goetze-Ackerman, presidente da LPGA. Quem descumpri-lo pela primeira vez terá de pagar R$ 3,2 mil, e a multa será duplicada em caso de reincidência.

De acordo com Heather Daly-Donofrio, diretora de comunicações da LPGA, o código tem como objetivo apresentar as jogadoras de maneira profissional e passar uma imagem positiva do esporte.

O código de vestimenta passa a valer a partir desta segunda-feira (17).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo