Torcida do Porto canta: 'Quem dera avião da Chapecoense fosse do Benfica'

Do UOL, em São Paulo

Porto e Benfica se enfrentaram nesta quarta-feira pela quarta rodada do Campeonato Português masculino de handebol. Em quadra, o time azul levou a melhor e venceu por 30 a 27. Fora dela, porém, passou longe de ser exemplo.

Durante a partida, os portistas provocaram os benfiquistas com cânticos que faziam referência ao desastre aéreo da Chapecoense. "Quem me dera se o avião da Chapecoense fosse do Benfica", cantava a torcida.

A posição da torcida foi rebatida oficialmente pelo próprio Porto e por seus dirigentes. Em sua conta no Twitter, o diretor de comunicação do clube, Francisco Marques, pediu "bom senso" da torcida.

O Porto, por sua vez, pediu para que os torcedores "se concentrem no apoio às nossas equipes", deixando as provocações de lado.

Em 29 de novembro, o avião que levava a delegação da Chapecoense para a disputa das finais da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional caiu nos arredores de Medellín (Colômbia). Na ocasião, 71 pessoas morreram, entre jogadores, comissão técnica, dirigentes, profissionais de imprensa e demais passageiros.

O Porto lidera o Campeonato Português masculino de handebol, com 26 vitórias em 26 jogos (78 pontos), à frente do Sporting (72 pontos) e do ABC de Braga (65). O Benfica é o quarto colocado, com 64 pontos, entre as 14 equipes na competição.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos