UOL Esporte Hipismo
 
18/04/2003 - 10h11

Rodrigo Pessoa fica em terceiro no primeiro dia da final da Copa do Mundo

Da Redação
Em São Paulo

O brasileiro Rodrigo Pessoa teve bom desempenho no primeiro dia de disputa da final da Copa do Mundo de hipismo, disputada em Las Vegas. Montando Baloubet du Rouet, ele ficou em terceiro lugar na primeira fase classificatória, fazendo percurso no tempo de 74s95, sem cometer nenhuma falta.

O cavaleiro foi apenas um dos três a fechar o percurso sem cometer faltas. Nesta sexta-feira, haverá mais uma etapa eliminatória que vai se somar aos desempenhos de quinta-feira para classificar os 20 melhores para a final de domingo.

O melhor do dia foi o norte-americano McLain Ward, com Viktor, que mesmo cometendo uma falta, terminou com 72s73. Ele foi muito rápido e fez o percurso em 68s73, quase seis segundos mais veloz que seus concorrentes.

Em segundo lugar ficou a sueca Malin Baryard, com Butterfly Flip, com o tempo de 74s05. Em quarto, ficou a norte-americana Candice King, com Caliskan, que teve a marca de 76s44, seguida pela alemã Toni Hasssmann, com Goldika, com 76s86.

Rodrigo, tricampeão da Copa do Mundo, ficou satisfeito com o resultado do primeiro dia. "Essa era, teoricamente, a pior prova para o Baloubet. Ele estava com muita energia e um tanto difícil de controlar e, por isso, não pude ser mais rápido. O resultado foi excelente, largamos muito bem e acredito que ele vai estar mais no controle nesta sexta."

Pelo sistema de disputa da competição, Rodrigo tem 40 pontos, ou seja, o
número de conjuntos mais 1 ponto para o primeiro lugar, menos 1 ponto para o segundo, menos 2 pontos para o terceiro e assim sucessivamente.

Na prova desta sexta-feira, agora com um desempate, o sistema de pontuação é o mesmo. No último dia, somam-se os pontos de hoje e sexta-feira e transformam-se em faltas.

É a diferença de pontos de cada conjunto para o primeiro lugar divido por dois. Se fôssemos já fazer a transformação hoje, Rodrigo teria apenas 1,5 pontos de diferença para o líder. Lembrando que 1 falta vale 4 pontos perdidos.

Desde a Copa do Mundo de 2002, em Las Vegas, que Rodrigo não tem um início tão bom. Quem esteve na arena pode ver a sobra de potência de
Baloubet du Rouet.

Os principais conjuntos não tiveram um bom início, como foi o caso de Ludger Beerbaum e Markus Fuchs. Ambos cometeram faltas e terminaram, respectivamente, em 14º e 16º lugares.

O atual campeão, o alemão Otto Becker, não pôde participar do evento devido a uma contusão de seu cavalo 2 dias antes do embarque para Las Vegas. A prova desta sexta-feira acontece às 23h. O Grande Prêmio final, no domingo, será às 16h.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host