UOL Esporte Hipismo
 
30/11/2003 - 17h09

Camila Mazza vence Grande Prêmio do Internacional de Saltos do Rio

Da Redação
Em São Paulo

A amazonas Camila Mazza conquistou neste domingo o título do Grande Prêmio Roberto Marinho, principal prova do Concurso de Saltos Internacional do Rio de Janeiro, realizado na Sociedade Hípica Brasileira.

Camila superou favoritos como o cavaleiro Fábio Leivas da Costa, bicampeão da prova, e tornou-se a segunda mulher a ter seu nome inscrito no troféu perpétuo da Hípica (a primeira foi Elizabeth Assaf, em 1993), além de faturar o prêmio de R$ 7,5 mil.

Com obstáculos a 1,50 m e premiação total de R$ 20,5 mil, o GP celebrou o 65º aniversário da Hípica e encerrou a programação oficial do concurso.

Camila montou Bonito Z, de apenas oito anos, e fez um percurso limpo no desempate com o tempo de 38s33. André Américo de Miranda, que saltou com Salamandra Chapman Rouge (cavalo que representou o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, com César Almeida), obteve o tempo de 38s51 e ficou com o vice-campeonato.

A terceira colocação na prova também ficou com uma mulher: Renata Elizabeth Moraes, com Dumbo de Chapelle, marcou 38s78.

Fábio Leivas da Costa, que poderia ser o primeiro cavaleiro a conquistar três vezes o título da competição, cometeu uma falta no desempate e obteve o tempo de 41s74, ficando com o quarto lugar.

Kátia Naday (com Night Lover da Mata) e Yuri Mansur Guerios (Porforadaspistas Dinarco HH), os outros dois conjuntos que participaram do desempate, caíram do cavalo e não completaram o percurso, ficando empatados em quinto lugar.

Camila, que passou os últimos quatro anos competindo na Bélgica, vibrou muito com a conquista de seu primeiro grande título após a volta ao Brasil.

"Estou muito feliz. Há muito tempo não competia em casa e é muito bom ganhar uma prova importante como essa no meu país. Melhor ainda é ter meu nome gravado no troféu perpétuo da Hípica. Mesmo que eu não volte a vencer um Grande Prêmio, as pessoas vão se lembrar de mim e da minha vitória", disse Camila, de 25 anos.

Camila confessou que a vitória no Grande Prêmio foi uma surpresa, já que seu cavalo ainda não tem experiência em grandes concursos.

"O percurso estava muito delicado, tanto que poucos conjuntos passaram para o desempate. E os cavalos que se classificaram são muito velozes, estão acostumados a grandes competições. A vitória me surpreendeu, porque Bonito Z não tem tanta experiência quanto os outros concorrentes", disse Camila.

"O ano de 2003 foi excelente para mim, não tenho do que reclamar. Meus cavalos tiveram ótimos resultados e sempre chegaram bem em todas as competições. Meu objetivo é manter essa regularidade em 2004", completou.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host