UOL Esporte Hipismo
 
11/11/2004 - 14h41

Cavalo falha em exame, e Alemanha pode perder ouro olímpico

Das agências internacionais
Em Berlim (Alemanha)
A segunda amostra dos cavalos Goldfever, que foi conduzido por Ludger Beerbaum, e Ringwood Cockatoo, de Bettina Hoy, colhidas em exames antidoping nos Jogos Olímpicos de Atenas, confirmou o uso de substâncias proibidas.

O animais participaram da equipe alemã que conquistou o ouro na competição de saltos. Com isso, o time corre o risco de perder a medalha conquistada na Grécia.

A informação foi confirmada nesta quinta-feira pela Federação Eqüestre da Alemanha, por meio de um comunicado oficial veiculado à imprensa.

De acordo com a entidade, a análise da prova-B dos dois cavalos confirmou a substância proibida que já havia sido detectada na primeira amostra. O nome da substância encontrada nos exames não foi divulgado.

A Federação informou que os atletas envolvidos têm no máximo 15 dias para tentarem explicar o caso. Beerbaum revelou que seu cavalo estava passando por um tratamento no tornozelo, e isso pode ter causado o resultado positivo.

Mais doping
Outro caso de doping, envolvendo o cavalo Waterford Crystal, do irlandês Cian O´Connor, está sendo analisado pelo COI (Comitê Olímpico Internacional).

Caso o cavaleiro irlandês tenha que devolver a medalha de ouro conquistada na prova de saltos individual, o brasileiro Rodrigo Pessoa será beneficiado. Medalha de prata na mesma prova, ele herdará o ouro.

No entanto, a definição deste caso só será divulgada pelo COI em 2005.

Alemanha perde medalhas
A Alemanha já havia perdido duas medalhas de ouro conquistadas no CCE (Concurso Completo de Equitação) em Atenas, nas provas por equipes e individual, também envolvendo Bettina Hoy.

Após o resultado final, a França entrou com uma apelação junto à CAS (Corte de Arbitragem do Esporte) alegando que Bettina teria cruzado a linha de partida duas vezes.

A entidade analisou o caso e, com base no depoimento de um dos juízes da competição, acatou o pedido francês. Com isso, a amazona foi punida com 14 pontos, fazendo que a equipe caísse para a quarta colocação na classificação geral.

Assim, o na prova por equipes do CCE, o passou para a França, a prata ficou com os britânicos e o bronze, com os norte-americanos. O ouro no individual foi para o britânico Leslie Law, enquanto a norte-americana Kim Severson ficou com a prata e Pippa Funnell, também da Grã-Bretanha.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host