UOL Esporte Hipismo
 
31/03/2005 - 13h51

Rodrigo Pessoa revela que pode receber ouro olímpico na Copa do Mundo

Da Redação
Em São Paulo
O cavaleiro brasileiro Rodrigo Pessoa revelou nesta quinta-feira que pode receber a medalha de ouro referente à prova de saltos dos Jogos Olímpicos de Atenas na disputa da final da Copa do Mundo, em Las Vegas, em abril, entre os dias 20 a 24.

"Já tem muita informação sobre o assunto, estou confiante de que a justiça será feita. A FEI (Federação Internacional de Hipismo) já me ligou e, se o irlandês desistir de entrar com recurso na CAS (Corte de Arbitragem do Esporte) antes da final da Copa do Mundo, a distribuição das medalhas poderá ser feita em Las Vegas, mas isso depende de uma decisão do irlandês e não da FEI ou dos cavaleiros envolvidos", revelou o brasileiro.

O irlandês Cian O'Connor foi o vencedor na prova de saltos nas Olimpíadas do ano passado, mas seu cavalo, Waterford Crystal, testou positivo para duas substâncias proibidas. No último domingo, a FEI cassou a vitória em Atenas e, com isso, o brasileiro, que ficou em segundo, deve herdar o primeiro lugar.

A perda do ouro, no entanto, ainda não é definitiva. O´Connor tem 30 dias para apelar da decisão junto ao COI (Comitê Olímpico Internacional) e, caso perca o recurso, ainda poderá tentar manter a medalha na CAS (Corte de Arbitragem do Esporte), última instância do direito desportivo mundial. Até o momento, os advogados ainda não decidiram se vão apelar.

Como a indefinição sobre a medalha olímpica ainda continua, Pessoa busca concentração para a disputa do Toscana Tour, evento italiano que começa nesta quinta-feira e tem provas nos dias 2, 3, 8, 9 e 10 para a Golden e Silver Tour, principais categorias e nas quais o brasileiro competirá.

"Tenho dois finais de semana de competições aqui na Itália e uma final de Copa do Mundo pela frente, preciso estar focado nos meus cavalos e nos concursos, quando vier a decisão final a gente se preocupa com a comemoração", afirmou.

Montando os cavalos Hermes, Sigane, Hors La Loi e Cantate Z, o brasileiro disputará duas semanas de provas na cidade de Arezzo. Sua esposa, a amazona Keri Potter Pessoa também participa do evento com os cavalos Harry Potter, Queen e Primata.

"Os treinos com o Baloubet para a final da Copa do Mundo já terminaram e precisava de um concurso para adiantar mais os cavalos menos experientes. Estou muito animado com a volta do Hermes que se recuperou 100% da lesão que teve ano passado e com a evolução do Hors La Loi, Cantate e Sigane", comentou o cavaleiro.

No entanto, o principal foco do trabalho é a final da Copa do Mundo. "Agora basta manter a condição física do Baloubet e iniciar a disputa pelo quarto título. O cavalo está 100%, vem de duas importantes vitórias em Paris e Gotemburgo e embarca para Las Vegas no dia 15 de abril."

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host