UOL Esporte Hipismo
 
30/08/2006 - 17h02

Brasil cai para o sexto lugar na prova de saltos do Mundial

Da Redação
Em São Paulo
A equipe brasileira caiu do terceiro para o sexto lugar na prova de saltos nesta quarta-feira, no segundo dia de competições da prova de saltos nos Jogos Eqüestres Mundiais, que estão sendo disputados em Aachen, na Alemanha.

EFE
EFE
Beezie Madden, dos EUA, aparece na 1ª posição individual nos saltos no Mundial
Desfalcado de sua principal estrela, o campeão olímpico Rodrigo Pessoa, o Brasil compete com três conjuntos, Bernardo Alves/Canturo, Cássio Rivetti/Olana e Álvaro Affonso de Miranda Neto/Nike. Assim, não pode descartar nenhum resultado, ao contrário dos principais adversários.

Alves repetiu o bom desempenho da estréia e, mais uma vez, zerou o percurso, terminando o dia na quarta colocação individual entre os 110 conjuntos participantes. Até agora, ele soma apenas 1,36 pontos.

Rivetti cometeu uma falta, perdendo 4 pontos em sua apresentação, ficando na 18ª posição, com 5,39 pontos. Já Álvaro Affonso de Miranda Neto, o Doda, perdeu 9 pontos e foi o 50º posição, com 13,24 pontos.

Com os resultados do dia, o Brasil aparece na sexta posição, com 21,85 pontos. A equipe da Holanda lidera, com 13,17, seguida por Ucrânia (13,17), Estados Unidos (14,85), Alemanha (15,16) e Suíça (19,89).

No individual, a amazona norte-americana Beezie Madden, montando Authentic, não sofreu nenhuma penalização nos dois dias e lidera, com 0 pontos, seguida do canadense Eric Lamaze, com Hickstead, com 0,39 pontos. O holandês Gerco Schroder, com Eurocommerce Berlin, soma 0,43 pontos e é o terceiro.

Nesta quinta-feira está previsto o segundo percurso da Prova das Nações, na altura de 1,60 m. A prova definirá os campeões por equipes e os 25 melhores que poderão participar no final de semana da disputa individual.

"Até agora está tudo dando certo. O Canturo está realmente muito bem, conseguimos fazer uma preparação adequada e estou muito confiante. Meu objetivo é permanecer entre os quatro primeiros para conseguir uma vaga no rodízio final onde só entram os quatro melhores da prova de sábado", comentou Alves.

Rédeas
Enquanto isso, na modalidade de rédeas, o Brasil inicia sua participação por equipe e no domingo a disputa do título individual, com a participação de apenas os 20 melhores resultados da prova de sexta-feira.

O Brasil contará com os conjuntos Rogério Barral/Whiz me Luck, Demetrius Jean Kotrozinis/Dunits Kickin Ace, Paulo Neto Koury/Texas Playboy e João Felipe Lacerda/Little Man O´leana.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host