UOL Esporte Hipismo
 
15/10/2008 - 09h01

Rodrigo Pessoa consegue autorização judicial para competir em SP

Giulliana Bianconi
Da Folhapress
Em São Paulo
Suspenso por 135 dias pela FEI (Federação Eqüestre Internacional) por doping do cavalo Rufus, o cavaleiro Rodrigo Pessoa irá competir no Concurso de Saltos Athina Onassis.

O atleta não chegou a recorrer ao CAS (Tribunal de Arbitragem do Esporte). Pessoa entrou, na semana passada, com liminar na Justiça do Rio, que acabou deferida pela juíza Flávia Viveiros, da 6ª Vara Cível.

A medida cautelar foi levada à Justiça comum depois de a CBH (Confederação Brasileira de Hipismo) ter se negado a aceitar a inscrição do cavaleiro para o Athina Onassis.

Com a decisão a favor de Pessoa, a CBH foi obrigada a acatar a inscrição e, de acordo com André Beck, coordenador-geral do campeonato, o atleta teve, na manhã de terça-feira, seu nome confirmado no evento.

"O complicado no processo cautelar é que só temos uma das partes, mas levei em consideração que a decisão da FEI [de suspender Pessoa] ainda é recorrível na Justiça do esporte e que ele, em 20 anos como profissional, nunca teve qualquer caso semelhante", afirmou à reportagem a juíza.

Na medida cautelar, Pessoa destacou que, se não participasse do evento, arcaria com multa de US$ 36 mil pelo descumprimento de cláusulas com patrocinadores.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host