Topo

Esporte


Doda organiza competição de hipismo e fecha parceria com Fox Sports

Felipe Pereira
O medalhista olímpico Doda (azul) lança campeonato de hipismo em São Paulo Imagem: Felipe Pereira

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

2019-04-03T15:28:47

03/04/2019 15h28

Medalhista olímpico em duas ocasiões, Álvaro de Miranda Neto, o Doda, lançou hoje hoje (03/04) um campeonato de hipismo por equipe e anunciou que o evento contará com transmissão ao vivo da Fox Sports. Serão sete etapas e um playoff e todas as finais irão ao ar aos sábados às 16 horas. Organizador da competição, o atleta explicou que houve preocupação em tornar o produto atrativo para televisão.

As regras permitem que a prova seja completada em 50 minutos, permitindo a transmissão da cerimônia do pódio. Enquanto a competição esta em curso, o time que está liderando ficará próximo ao local da premiação e vai comentar a performance dos concorrentes.

"Vai ser legal porque dá mais dinamismo os próprios cavaleiros comentando. Também vai trazer mais conhecimento para o público", avalia Doda.

A negociação com a Fox começou em novembro do ano passado. O organizador do evento conta que conhecia repórteres e funcionários do departamento comercial da emissora e isto facilitou o início das conversas.

"Mas eles buscam resultados. Conhecer as pessoas foi uma vantagem, mas se o projeto não tivesse potencial, eles não estariam juntos".

O intuito de atrair o público ainda inclui entrada franca nas sete etapas e no playoff. A única exceção é uma prova indoor marcada para setembro na Sociedade Hípica de São Paulo. Doda explica que o picadeiro tem limite de lotação. Ele diz que os ingressos serão baratos e funcionarão mais como uma forma de controlar o número de pessoas para não comprometer a segurança.

Formato mescla profissionais e iniciantes

O formato da competição é de 13 equipes entre sete e 10 cavaleiros disputando uma fase de classificação. Não é possível ter mais de um campeão brasileiro ou medalhista em campeonatos internacionais de primeiro nível. A intenção é promover o desenvolvimento de talentos.

Os times que se saírem melhor ganharão prêmios polpudos. A previsão é distribuir R$ 2 milhões neste ano. Para atrair patrocinadores, houve autorização dos dirigentes do esporte no Brasil para estampar nomes de empresas na roupa dos atletas - o hipismo é um esporte que prima pela tradição e tem um código de vestimenta rígido.

A expectativa de Doda é conseguir 16 equipes para a edição de 2020. Ele fala que dois times mostraram interesse. A primeira prova será realizada no próximo final de semana e haverá etapas em São Paulo, Rio e Curitiba.

Mais Esporte