Esporte

9 motivos para alguns dirigentes também se mandarem para a China

Daniel Lisboa

Do UOL, em São Paulo

09/02/2016 06h00

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Não tem imprensa para encher a paciência

    Liberdade de imprensa não é o forte da China, que censura até o Google. Quer dizer, talvez lá os nossos cartolas fiquem livres de jornalistas importunando-os com denúncias o tempo todo.

  • Imagem: Silva Junior/Folhapress
    Silva Junior/Folhapress
    Imagem: Silva Junior/Folhapress

    Ficam a salvo da justiça americana

    Como o Brasil, a China não tem tratado de extradição com os EUA.

  • Imagem: Calflier001/Creative Commons
    Calflier001/Creative Commons
    Imagem: Calflier001/Creative Commons

    É um trampolim para a Coreia do Norte

    Mas, se por algum motivo a Justiça decidir ir atrás deles na China, ainda há uma saída: o país é um dos poucos com voos diretos para a Coreia do Norte. Se conseguirem embarcar para o país mais fechado do mundo, dificilmente alguém saberá seus paradeiros.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Transiberiana como rota de fuga

    Outra opção é pegar a ferrovia Transiberiana (fazendo algumas conexões) e se esconder em algum lugarejo (muito) ermo da Sibéria.

  • Imagem: Ed Ferreira/Folhapress
    Ed Ferreira/Folhapress
    Imagem: Ed Ferreira/Folhapress

    Ninguém irá entendê-los

    Muitas vezes os dirigentes brasileiros fazem declarações incompreensíveis. Ou, quando são compreensíveis, melhor seria que não fossem. Então nada melhor do que estar em um país onde quase ninguém irá entendê-los mesmo.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Opções de sobra para campeonatos estaduais

    Para quem ama os campeonatos estaduais como os nossos cartolas, a China é um prato cheio. O país tem 22 províncias (equivalentes aos nossos estados) e ainda cinco regiões autônomas, quatro cidades administrativas e duas zonas administrativas especiais

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Pena dura para corruptos

    A China tem pena de morte para corruptos. Concorde você ou não, talvez isso faça os dirigentes brasileiros pensarem duas vezes antes de aprontar.

  • Imagem: Reprodução/SporTV
    Reprodução/SporTV
    Imagem: Reprodução/SporTV

    Tempo de sobra para estragar o futebol local

    Potência olímpica, a China está apenas começando seu projeto para se tornar forte também no futebol. Ou seja, há tempo de sobra para nossos cartolas impedirem que isso aconteça.

  • Imagem: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio
    Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio
    Imagem: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

    Superar o 7 a 1

    Aparentemente, a China é um bom lugar para se recuperar o respeito depois do 7 a 1 para a Alemanha. Em julho do ano passado, após ganhar um torneio contra o Bayern de Munique, Felipão (hoje treinador do Guangzhou Evergrande) declarou: ?tenho mais respeito deles (alemães) do que de alguns brasileiros?.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo