Topo

MMA


Ex-UFC é preso acusado de socar mulher no rosto

AP Photo/Michael Thomas
Josh Copeland, o "Ursinho Carinhoso", acerta Ruslan Magomedov, mas perde por pontos Imagem: AP Photo/Michael Thomas

Do UOL, em São Paulo

11/02/2019 09h38

O lutador Josh Copeland, que já atuou no UFC, foi preso por violência doméstica após ser acusado de dar um soco no rosto de sua mulher no dia 2 de fevereiro. O golpe teria sido tão forte que deixou o rosto da vítima lesionado e sangrando.

De acordo com o site "TMZ Sports", quando a polícia chegou, a mulher de Copeland estava "claramente com uma lesão no olho e com sangue até o pescoço".

A vítima relatou que os dois tiveram uma discussão e trocaram empurrões. Ela admitiu que deu diversos tapas no rosto do lutador que revidou com um soco e a atirou na cama. Além disso, Copeland teria pego o celular da mulher e escondido para que ela não conseguisse pedir ajuda.

O lutador, que foi encontrado com marcas de sangue no rosto, disse não lembrar de ter dado qualquer soco.  

A mulher foi encaminhada para um hospital da região, enquanto Josh Copeland foi preso e fichado por crime de segundo grau, obstrução e abuso de crianças, uma vez que tudo aconteceu em frente ao filho do casal. Ele voltará ao tribunal nas próximas semanas.