Topo

MMA

Veterano do UFC relata drama após transplante de fígado: "Morri 5 vezes"

Reprodução
Tank Abbott, ex-lutador do UFC Imagem: Reprodução

Ag. Fight

13/12/2018 17h09

O ex-desafiante ao título dos pesos-pesados do UFC, 'Tank' Abbott, revelou ter "morrido" cinco vezes durante a cirurgia de transplante de fígado que realizou recentemente. Em entrevista ao canal no YouTube do site 'Hannibal TV', o veterano compartilhou o drama que viveu na mesa de operações. Porém, agora em fase de recuperação, ele garantiu: está ansioso para voltar ao octógono e "chutar alguns traseiros".

Abbott estreou no UFC em 1995, na sexta edição do evento, quando o Ultimate ainda não tinha o prestígio que possui atualmente. Durante o período em que lutou na organização, o peso-pesado canadense jamais conseguiu emendar uma boa sequência de vitórias, apesar de ter disputado o cinturão em 1997, contra Maurice Smith. Depois disso, ele ainda enfrentou atletas que se destacaram no cenário do MMA, como Pedro Rizzo e Frank Mir, mas a "luta mais dura" que fez na vida aconteceu na mesa de cirurgias, conforme ele revelou na entrevista.

"Finalmente estou pagando o preço pela vida selvagem que levei. Acabei com o meu fígado e tive que passar por um transplante, mas vamos em frente. Tive muitas complicações durante a cirurgia e morri cinco vezes na mesa de cirurgia e tive pelo menos seis derrames, mas ainda estou aqui. Voltei da luta mais dura da minha vida e superei tudo isso. Venci. Fique 107 dias internado. Agora estou ansioso para me recuperar logo e fazer o que amo, que é chutar alguns traseiros", projetou o veterano.

Aos 53 anos, 'Tank' Abbott não luta desde 2013, quando foi superado por Ruben Villareal no evento 'King of the Cage'. Apesar de ter enfrentado diversos lutadores de renome mundial, ao longo da carreira profissional como atleta de MMA, o veterano somou apenas dez vitórias nos 25 embates que realizou.

Fora do esporte ele ficou conhecido também pela participação que fez na série "Friends" no episódio "The One with the Ultimate Fighting Champion". Na ocasião, ele atuou como ele mesmo, enfrentando um então namorado da personagem Monica Geller, interpretada por Courteney Cox.