Topo

MMA


Com mata-leão em pé, lutador amputado vence no 1º round e fatura cinturão inédito; veja

Do UOL, em São Paulo

2012-12-08T06:42:26

08/12/2012 06h42

O norte-americano Nick Newell fez história no MMA na madrugada deste sábado e, mesmo com uma deficiência congênita que desde o nascimento o tirou uma das mãos e parte do braço, faturou seu primeiro cinturão no mundo profissional da modalidade. No peso leve do XFC (Xtreme Fighting Championship), ele não precisou passar do primeiro round e finalizou seu rival no comecinho da luta, tornando-se campeão da categoria.

Newell fez seu nono combate, em Nashville (EUA), e encarou o experiente Eric Reynolds, que com esta luta soma 22 em seu cartel.

Desde o início Newell foi para cima do rival. Como lhe é comum, o fato de ter a amputação congênita no braço esquerdo pareceu não fazer diferença. O norte-americano tentou combinações de socos e chutes, acertando diversas vezes Reynolds.

Com 45 segundos de luta, Newell agarrou o rival e conseguiu uma bela queda. A partir daí, foi para as costas e, mesmo com o oponente se levantando para tentar se livrar do ataque, conseguiu encaixar um mata-leão em pé. Já caído para tentar sair do estrangulamento, Reynolds deu os três tapinhas, desistindo do combate e “entregando” o cinturão a Newell. Assista:

Nick Newell, de 26 anos, começou sua carreira lutando wrestling nos Estados Unidos. Fã de lutadores como Shogun e Anderson Silva, ele foi parar no MMA e, desde 2009, construiu um cartel respeitável em nove combates. Entre as vitórias, seis vieram por finalização e duas por nocaute.

O desejo do lutador é ir para o UFC, vencendo o preconceito de que um atleta amputado não possa competir junto ao restante dos profissionais.

“Você não pode parar alguém que tem determinação”, disse ele, em entrevista ao UOL em abril. O presidente do Ultimate, Dana White, disse não ser contra uma possível contratação do lutador, mas faz ressalvas: “com duas mãos, já é complicado lutador no UFC.”

  • Nick Newell posta foto com seu cinturão do XFC, o primeiro da carreira

Sangue, suor e... 'porrada'
Sangue, suor e... 'porrada'
#dev_albumEmbed010('tagalbum','51086')