Imprensa internacional se choca com fratura de AS: "horrível e agonizante"

Do UOL, em São Paulo

A incrível derrota de Anderson Silva para o americano Chris Weidman, no UFC 168, nesta madrugada de sábado para domingo, chocou o mundo. Não pela derrota em si, mas pelo horror das cenas registradas no momento em que o brasileiro teve a perna fraturada após aplicar um chute no adversário. A imprensa internacional classificou o momento, entre tantos outros adjetivos, como "horrível" e "agonizante".

"Weidman mantém cinturão do UFC após horrível lesão na perna Anderson Silva. (...) Será o fim de uma lendária carreira no MMA?", perguntava o jornal americano USA Today, que destacou a chocante lesão do brasileiro.

O LA Times, portal da cidade de Los Angeles, também destacou o lance como "horrível" e destacou: "Após o golpe, Anderson gritava no chão em agonia".

"Um golpe esmagador. A grande revanche do UFC 168 terminou rapidamente, deixando uma lenda viva se contorcendo de dor", assinalou o portal da ESPN Internacional.

  • 18169
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2013/12/29/qual-deve-ser-o-futuro-de-anderson-silva-apos-a-fratura-no-ufc-168.js

O jornal britânico Daily Mail, por sua vez, concluiu que a carreira do brasileiro de 38 anos está em perigo e destacou o momento em que Anderson Silva "se contorcia de dor no chão". "Horrível e agonizante", concluiu.

Outro renomado portal norte-americano, o Sports Illustrated disse que a "horrível lesão de Anderson Silva ofuscou o nocaute de Weidman" e falou sobre uma possível decepção do presidente do UFC.

"Dana White estava esperando que esta fosse a maior noite da história do UFC. Em vez disso, ela se transformou, talvez, na mais horrível".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos