Topo

MMA


Jon Jones projeta superlutas no UFC e já mira vitória sobre Cain Velazquez

Steve Marcus/Getty Images/AFP
Jon Jones tem 16 lutas no UFC, sendo 15 vitórias e apenas uma derrota Imagem: Steve Marcus/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

04/03/2015 20h06

Com apenas uma derrota em 16 lutas no UFC, Jon Jones já não tem maiores expectativas na categoria dos meio-pesados, da qual detém o cinturão desde 19 de março de 2011. O norte-americano já venceu quase todos os postulantes ao título e começa a olhar com bons olhos para possíveis superlutas – combates contra grandes nomes de outras divisões, mas em peso combinado.

A sugestão de superlutas partiu do próprio Dana White, presidente do UFC, durante uma apresentação publicitária. Na ocasião, o “chefão” o questionou se já estaria pronto para subir de categoria.

“Não sei por que ele perguntou isso com tanta coisa para me perguntar, mas acho que está chegando a hora de fazer superlutas. Teremos que negociar um aumento. Esse é o meu trabalho e sei por que estou aqui. Não sei quando sentaremos para conversar, mas acho que será em breve. Não estou ignorando a luta contra Anthony Johnson, que será um desafio fenomenal. Se eu vencer essa luta, será a hora de conceder revanches ou de fazer superlutas. Revanches são legais, mas superlutas são o que eu procuro para um futuro próximo na minha carreira”, afirmou Jones, em entrevista ao site "MMA Fighting".

Durante a entrevista coletiva que antecedeu o UFC 184, no último final de semana, Jones já deu indícios de quem seria seu primeiro rival em uma superluta: o atual campeão dos pesos-pesados Cain Velazquez.

“Não sei quando eu vou subir de categoria. Mas se eu for para os pesos-pesados, ou quando eu for para os pesos-pesados, acredito que tenho qualidade suficiente para vencer Cain”, garantiu.

O próximo combate de Jon Jones, ainda pelos meio-pesados, está marcado para o dia 23 de maio, pelo UFC 187. Na ocasião, ele enfrentará Anthony Johnson, em combate valendo o cinturão da divisão.