Topo

MMA

Dana dá bronca em equipe de Aldo, mas acredita em luta contra McGregor

Evelyn Rodrigues
Dana White se incomodou com a lesão de Aldo sofrida durante um treino Imagem: Evelyn Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

30/06/2015 17h37

“Eu caí de joelhos”. Essa foi a reação de Dana White, presidente do UFC, ao saber que José Aldo, atual campeão dos penas, havia se machucado durante um treinamento. O brasileiro passou a ser dúvida para o combate contra Conor McGregor, em 11 de julho, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Durante seu treinamento no Brasil, Aldo acabou sendo lesionando a costela. Seu parceiro de treino Alcides Nunes se preparava para um chute rodado quando escorregou e acertou a região do campeão do UFC.

“O que você estava pensando? Arriscar um chute desses, no seu companheiro de treino, campeão do UFC, a duas semanas da luta”, criticou Dana White, em entrevista ao “MMA Fighting”. E a bronca também se estendeu a Aldo: “Se você vai treinar um chute desses, coloque uma proteção, faça alguma coisa. Isso é loucura”.

Em relação à lesão, Dana White acredita que José Aldo conseguirá lutar contra Conor McGregor. “Ele quer essa luta. A lesão que ele tem é a mesma que Cerrone teve. Cerrone lutou com essa dor e foi acertado no corpo. Vários outros lutadores tiveram essa lesão”. "Nesse momento, nesse lugar, posso dizer: José Aldo vai lutar com Conor McGregor".

Caso Aldo não possa lutar, Chad Mendes entrará em seu lugar e disputará com McGregor o cinturão interino da divisão. A escolha do substituto, no entanto, incomodou Frankie Edgar, atual número 1 da divisão depois da atualização do ranking do UFC, no último dia 29 de junho.

“Almocei ontem com Edgar. Mendes era o número 1. Não entendo como essas coisas acontecem. Como você altera posições se nem houve lutas?”, questionou White.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!