MMA

McGregor aposta em ataques pessoais, não deixa Rafael falar e elogia Aldo

Do UOL, em São Paulo

20/01/2016 17h36

Conor McGregor não descansou nem dois meses e já voltou com todo fôlego junto com seu estilo provocador. Nesta quarta-feira (20), na coletiva oficial do UFC 197, em Las Vegas, nos Estados Unidos, o irlandês chegou atrasado, mas nem por isso foi para o evento menos polêmico. Assim que chegou, o novo campeão dos penas já atacou Rafael Dos Anjos, campeão dos leves e seu adversário em 5 de março.

“Escolhi essa luta porque vim para cá para ser o campeão, o grande campeão, e eu queria fazer história, queria criar história. Ele (Rafael dos Anjos) tem um título, só isso que ele tem, ele não vende pay-per-view, não faz nada. Eu quero o cinturão dele, é a decisão simples”, atacou McGregor.

Durante o evento, McGregor atacou tanto Rafael Dos Anjos, que mal deixou o brasileiro falar. Em um determinado momento, o campeão dos leves chegou até a brincar com o episódio: “A próxima pergunta, façam para ele, já que ele quer falar em todas”.

E McGregor não parou. Depois de meses atacando José Aldo, o irlandês agora o defende e vira todas suas armas para o novo adversário. O ataque da vez é em cima do fato de Rafael Dos Anjos morar nos Estados Unidos, o que, para McGregor, o transformaria em “um falso brasileiro”.

“Juro por Deus que vou derrotar o Dos Anjos. No UFC 189, eu nocauteei o Aldo e mandei ele para casa. Não me importa a língua que você fala na coletiva, o que eu acho é que o povo do Brasil ama Aldo porque ele fala português, ele chega aqui e fala português. Quando mandar Rafael para casa, em algumas semanas, ele nem vai ser recebido no Brasil porque mora nos Estados Unidos. O José Aldo é um verdadeiro campeão, esse cara, para os brasileiros, é um gringo”.

Em um determinado momento, Dos Anjos chegou a tentar se defender, afirmando que a mudança para os Estados Unidos é o sonho da maioria dos brasileiros. “Essas pessoas não merecem ser chamadas de traidoras. Esse cara tá me chamando assim por ter minha vida e família aqui. Nós temos pessoas de todo mundo morando nos Estados Unidos, e essas pessoas não merecem isso”.

A justificativa, no entanto, não foi suficiente para que McGregor diminuísse os ataques. “A gente tem que respeitas, mas eu queria muito poder acreditar que você é um verdadeiro campeão brasileiro. Mas acho que o orgulho dos brasileiros é o José Aldo, ele comove as pessoas, e isso é de verdade”.

“Vejo no Aldo um verdadeiro campeão, carregador de sonhos e crenças do povo, e vejo um cara que apesar de ser brasileiro não representa o povo como deveria. Ele (Dos Anjos) traz o nome do Brasil para baixo. Gostaria que o nome do Brasil fosse trazido de volta por outra pessoa”, completou McGregor.

Dana White explica escolha por Dos Anjos x McGregor

Durante a coletiva, Dana White explicou o motivo que o fez aceitar que McGregor tenha a chance de conquistar dois cinturões na organização. De acordo com o presidente, o fato de o irlandês tem cumprido as promessas que fez, colaborou para a decisão.

“É claro que essa luta tem que acontecer antes (de uma defesa do cinturão dos penas). Todo mundo me pergunta porque ele teria dois cinturões, um fato inédito. É porque o Conor simplesmente fez tudo que prometeu, apesar do atraso de hoje, ele fez tudo que disse que faria desde que chegou,. Falou que lutaria quatro vezes no ano. Ele realmente gosta de dinheiro, então acredito que ele vai fazer isso”, afirmou.

McGregor reclama da ausência do cinturão no pôster oficial

Campeão dos penas, Conor McGregor aparece nos pôsteres do UFC 197 sem seu cinturão. O único com um título no ombro é Rafael dos Anjos. Na entrevista coletiva, inclusive, o irlandês também não recebeu seu cinturão.

“Essa é a grande pergunta, cadê (meu cinturão)? Olho para o pôster e vejo um cara que lutou para mais de US$ 1 milhão. Tem um cara (Dos Anjos) na frente com um cinturão, então a gente tem que olhar que isso é uma superluta. Esses são os pôsteres que serão guardados. Quando olharmos para trás, vamos querer esse pôster. Talvez eu tenha que entrar lá e tirar ele deste pôster, parece que ele está muito confortável. Ele vai ter que fazer o papel de azarão, porque é isso que ele é. Olho todos os pôsteres históricos e vou ter que eliminar ele deste”, atacou McGregor.

Questionado, Dana White afirmou que o motivo de McGregor aparecer seu o cinturão é que o combate é válido pelo título dos leves, que pertence a Rafael dos Anjos.

“Ele (McGregor) está desafiando o cinturão dos leves, e esse cinturão é o único que está em jogo. Ele não está colocando o dos penas em jogo”, explicou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Topo