MMA

Holm fatura quatro prêmios no 'Oscar do MMA'. McGregor é o melhor lutador

PAUL CROCK / AFP
Premiação foi realizada nesta sexta-feira, em Las Vegas Imagem: PAUL CROCK / AFP

Do UOL, em São Paulo

06/02/2016 08h05

A revista Fighters Only divulgou nesta sexta-feira, em Las Vegas, os vencedores do World MMA Awards, considerado o “Oscar do MMA”. E dois dos principais nomes da premiação referente a 2015 acabaram confirmando seu favoritismo: Conor McGregor e Holly Holm.

O irlandês concorria em três categorias, e acabou levando duas: lutador masculino do ano e lutador internacional (ou seja, não americano) do ano. McGregor ainda concorria ao prêmio de nocaute do ano (contra José Aldo no UFC 194), mas foi superado.

A vitória na categoria ficou com Holly Holm, premiada por sua vitória contra Ronda Rousey no UFC 193. Holm foi a maior vencedora da noite, conquistando ainda três categorias: lutadora do ano, zebra do ano e revelação do ano.

A vitória de Holm na categoria lutadora do ano encerra a hegemonia de Ronda Rousey, que havia levado o prêmio por três anos seguidos. Ronda, porém, não deixou o evento de mãos vazia: conquistou o prêmio de finalização do ano (contra Cat Zingano, no UFC 184).

O único brasileiro premiado no World MMA Awards de 2015 foi Rafael Cordeiro, eleito pela votação popular o melhor técnico do ano. Rafael dos Anjos (lutador do ano), Thomas Almeida (revelação do ano e nocaute do ano), Jorge Filho (nocaute do ano), Marcos Galvão (finalização do ano), Fabrício Werdum (finalização do ano) e Jhenny Andrade (ring girl) foram indicados a prêmios, mas não levaram.

Em outras categorias, a hegemonia foi mantida. O UFC levou o prêmio de melhor promoção pelo oitavo ano (em oito possíveis), enquanto Dana White foi premiado como executivo do ano (oitavo ano seguido). O locutor Bruce Buffer foi homenageado pelos 20 anos de dedicação ao MMA.

Confira a lista de premiados:

Prêmio Charles ‘Mask’ Lewis ao Lutador do Ano: Conor McGregor
Lutadora Feminina do Ano: Holly Holm
Revelação do Ano: Holly Holm
Lutador Internacional do Ano: Conor McGregor
Luta do Ano: Robbie Lawler vs. Rory MacDonald 2 (UFC 189)
Nocaute do Ano: Holly Holm (vs. Ronda Rousey, UFC 193)
Finalização do Ano: Ronda Rousey (vs. Cat Zingano, UFC 184)
Retorno do Ano: Eddie Alvarez (vs. Gilbert Melendez, UFC 188)
Zebra do Ano: Holly Holm (vs. Ronda Rousey, UFC 193)
Prêmio Shawn Tompkins ao Treinador do Ano: Rafael Cordeiro
Centro de Treinamento do Ano: Jackson-Wink MMA
Preparador Físico do Ano: Mike Dolce
Árbitro do Ano: John McCarthy
Ring Girl do Ano: Arianny Celeste
Executivo do Ano: Dana White
Personalidade do Ano: Joe Rogan
Melhor Promoção: UFC
Mídia de MMA do ano: MMAFighting.com
Jornalista de MMA do ano: Ariel Helwani
Analista do Ano: Dominick Cruz
Prêmio Conjunto da Obra: Bruce Buffer

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Redação
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo