Topo

MMA

Anderson tem suspeita de fratura, falta em coletiva e é levado ao hospital

João Henrique Marques

Do UOL, em Londres

27/02/2016 22h14

Anderson Silva não compareceu à entrevista coletiva pós-UFC Londres, na noite deste sábado (27). Com suspeita de fratura no tornozelo esquerdo, ocorrida durante derrota para o inglês Michael Bisping, o atleta foi encaminhado ao hospital e proibido de falar com os jornalistas pelos médicos. 

Luiz Dórea, treinador de boxe do ex-campeão, confirmou a suspeita de lesão do atleta. "Spider" acusou dores no octógono, o que o levou a parar de arriscar chutes contra o adversário. 

Um dos maiores nomes da história do MMA, Anderson voltou à ativa após suspensão por doping. Levantou o público com seu show particular no duelo, mas perdeu por decisão unânime dos juízes (triplo 48 a 47). Ele contestou o resultado. 

"Brasil, a parada é a seguinte: não tem como vencer de um jeito, eles fazem de outro. Vocês viram aí, não é? Corrupção total, às vezes é que nem no Brasil", disparou, logo depois do confronto.

Vale lembrar que Anderson Silva fraturou a mesma perna em embate com Chris Weidman, no dia 29 de dezembro de 2013, quando fazia revanche contra o norte-americano para tentar recuperar o cinturão dos pesos médios. Na ocasião, a lesão se deu acima do tornozelo, na tíbia.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!