Topo

MMA

Bisping crê que vitória foi justa e avalia que dominou Anderson Silva

João Henrique Marques

Do UOL, em Londres

27/02/2016 21h56

A vitória por decisão unânime dos juizes de Michael Bisping no UFC Londres, na noite deste sábado (27), foi contestada pelo brasileiro Anderson Silva, seu rival derrotado, e por Dana White, o presidente da organização. Na entrevista pós-evento, o inglês respondeu à dupla: “é claro que venci”.

“Dominei Anderson Silva, busquei ele e meus golpes entraram mais. Respeito outras opiniões, mas ganhei”, avaliou.

Bisping ainda confessou ser fã do “Spider” e que esperou por esse combate durante toda a vida. "Anderson Silva é o cara que persegui na carreira. Eu olhava há tempos, inspirava-me nele. Estou aqui curtindo o momento. Ele é uma lenda e respeito isso", prosseguiu. 

“Foi um sonho: na capital do meu país, com a arena cheia, a luta foi uma guerra. E eu venci. Claro que isso superou tudo o que eu esperava”.

“Anderson Silva é um campeão e essa era a minha oportunidade de ouro, a chance de provar o que sempre pedi. Uma luta com um campeão. Fique impressionado com os fãs hoje e agradeço-lhes muito também. Há 10 anos ninguém conhecia o UFC como hoje e eu já pedia um duelo desses. É certamente o maior momento da minha carreira. Cara, é o Anderson Silva”, finalizou, ainda em tom de incredulidade com seu próprio feito.

Bisping, apesar da cara amassada, era só sorrisos. Durante o bate-papo com os jornalistas, recebeu contato pelo celular e brincou: "Desculpe, nunca fui tão popular".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!