Topo

MMA

Bisping procurou mais a luta e acertou mais Anderson em vitória contestada

João Henrique Marques

Do UOL, em Londres

28/02/2016 07h17

A vitória do lutador da casa Michael Bisping foi chamada de corrupta por Anderson Silva na Arena O2, em Londres, na noite de sábado. Só que a postura ofensiva do vencedor está evidenciada nas estatísticas da luta. Bisping tem mais que o dobro de golpes do brasileiro, muito embora tenha acertado uma porcentagem bem menor.

O inglês naturalizado – nasceu no Chipre – deu 320 golpes no total dos cinco rounds. Já Anderson deu 135, número incrivelmente menor. Os dados estatísticos são do UFC.

No total de golpes acertados, Bisping teve 112, o que representa 35%, enquanto Anderson teve 75, alcançando assim 55%.

Reprodução
Imagem: Reprodução

“É claro que eu ganhei. Dominei o Anderson e busquei ele o tempo todo. Não há o que contestar”, disse Bisping.

Entre todos os golpes executados, Anderson Silva deu os de maiores impactos, como a joelhada voadora no terceiro round. No entanto, o brasileiro também foi parar no chão em duas vezes que balançou com socos de Bisping.

Curioso também é notar que só em um round Anderson bateu mais do que apanhou. O quinto, o mais claro em seu favor, com 19 a 18 em golpes conectados com sucesso (ainda assim, Bisping tentou mais: 58 a 35).

O giro mais propenso a discórdia foi o quarto e, nele, Anderson acertou 70% dos golpes tentados, conectando suas mãos e pernas 19 vezes. Bisping, com 35% de sucesso nos seus ataques, conseguiu 28.

No córner de Anderson, os treinadores cansaram de pedir ataques do brasileiro. Em uma das ocasiões, ele chegou a conversar com a equipe a distância, mas seguiu sem uma postura ofensiva.

Durante a luta, Anderson deu um show de esquivas, muitas vezes com a guarda baixa, e pouco se empenhou para atacar o adversário. A tática de desestabilização do oponente é comum na carreira do brasileiro. Só que Bisping esteve bem concentrado durante o duelo.

Com adrenalina alta, Anderson gritou muito durante todo o combate e chegou a aplaudir Bisping durante uma interrupção no quinto round. Só que ao fim do combate se manifestou contrário ao resultado.

"Brasil, a parada é a seguinte: não tem como vencer de um jeito, eles fazem de outro. Vocês viram aí, não é? Corrupção total, às vezes é que nem no Brasil", disparou, em português. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!