MMA

Com Cruz, Faber, Jones e brasileira, UFC oficializa 6 disputas de cinturão

Reprodução
Imagem: Reprodução

Danilo Lavieri

Do UOL, em Las Vegas (EUA)

04/03/2016 19h09

O UFC oficializou seis disputas de cinturão nesta sexta-feira (4), em evento realizado em Las Vegas, nos Estados Unidos. Até julho, dois brasileiros lutarão por títulos: Fabrício Werdum, pelos pesados, e Cláudia Gadelha, pelo peso palha feminino.

Ben Rothwell x Junior Cigano, em 10 de abril; Khabib Nurmagomedov x Tony Ferguson, em 16 de abril; Andrei Arlóvski x Alistair Overeem, em 8 de maio; Rory MacDonald x Stephen Thompson, em 18 de junho.

Confira as disputas de cinturões por ordem de data:

Meio-pesado: Daniel Cormier x Jon Jones – 23 de abril

Reprodução
Imagem: Reprodução

Depois da polêmica que resultou na retirada do cinturão de Jones, o ex-campeão está de volta para enfrentar o atual dono do título. A última luta dele havia sido justamente contra Daniel Cormier, quando venceu por decisão unânime. Os dois se enfrentarão no UFC 197, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Se dizendo recuperado e “sóbrio há cinco meses”, Jones disse que a recuperação completa passa pela vitória sobre Cormier: “Nesse momento tenho uma missão de mostrar ao mundo que estou de pé, e, para provar isso, tenho que derrotar Cormier”, afirmou o ex-campeão, que trouxe uma cópia do cinturão para o evento.

“É muito desrespeitoso ele entrar com o cinturão (no evento), mas as pessoas incentivam. Então ele faz isso porque ninguém faz nada contra”, rebateu Cormier, muito vaiado pelo público presente.

Moscas: Demetrious Johnson x Henry Cejudo – 23 de abril

Reprodução
Imagem: Reprodução

No mesmo dia em que Jones e Cormier se enfrentarão, Demetrious Johnson tentará defender seu cinturão pela oitava vez consecutiva. O campeão terá pela frente Henry Cejudo.

Pesado: Fabrício Werdum x Stipe Miocic – 14 de maio

Reprodução
Imagem: Reprodução

Werdum deveria ter defendido seu cinturão contra Cain Velásquez, no início do ano, mas os dois se machucaram e o combate foi cancelado. Com isso, o UFC manejou o brasileiro para enfrentar Stipe Miocic no UFC 198, que acontecerá na Arena da Baixada, estádio do Atlético-PR, em 14 de maio.

Praticamente esquecido em meio a tantas discussões entre os lutadores presentes no evento, Werdum comentou sobre o fato de o combate contra Miocic acontecer em um estádio de futebol. “45 mil pessoas estarão assistindo no estádio, o que só mostra que sou o melhor do mundo”.

Médio: Luke Rockhold x Chris Weidman – 4 de junho

Reprodução
Imagem: Reprodução

Os dois farão a luta principal do UFC 199, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Essa será a chance de revanche de Chris Weidman, que perdeu seu cinturão depois de ser nocauteado por Rockhold.

Novo campeão, Rockhold não perdeu a chance de provocar Weidman: “Assim como Weidman, ele será o Anderson Silva nesta luta”, cutucou, fazendo referência às duas vitórias consecutivas de Chris Weidman sobre Anderson Silva. 

Galo: Dominick Cruz x Uriajh Faber – 4 de junho

Reprodução
Imagem: Reprodução

Depois de recuperar o cinturão dos galos contra TJ Dillashaw, Dominick Cruz enfrentará Urijah Faber pela terceira vez. Na primeira, ainda pelo WEC e na categoria dos penas, Faber venceu por finalização e conquistou o cinturão. Quatro anos depois, em 2011, Cruz foi o vencedor, por decisão unânime e ficou com o título dos galos do UFC. O combate acontecerá no mesmo dia da revanche entre Chris Weidman e Luke Rockhold, em 4 de junho.

A rivalidade entre os dois costuma ser intensa, e não foi diferente dessa vez. “Sobre as velhas piadas de Dominick, ele é velho, eu sou jovem e vou acabar com ele. Ele tem uma finalização em nove anos”, provocou Faber, que foi rebatido por Cruz: “Estou me preparando para derrotar o 'vovô' Faber'”.

Palha feminino: Joanna Jedrzejczyk x Cláudia Gadelha – 8 de julho

Reprodução
Imagem: Reprodução

As duas lutadoras se enfrentaram pela primeira vez em dezembro de 2014, em um combate que terminou com um resultado polêmico de vitória para Joanna por decisão dividida dos juízes. Agora, a polonesa e Cláudia Gadelha são treinadoras da edição de número 23 do TUF norte-americano. As duas se enfrentarão em Las Vegas, nos Estados Unidos, um dia antes do UFC 200.

Durante o evento, o clima entre ambas foi intensa, com o UFC colocando um segurança entre elas para evitar qualquer incidente. "Eu venci ela da outra vez, e já provei isso", provocou Joanna, que ainda gritou um "cala a boca" em português para a brasileira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Topo