MMA

Saiba como técnico "meio brasileiro" e amante de capoeira mudou McGregor

Danilo Lavieri

Do UOL, em Las Vegas (EUA)

04/03/2016 12h00

Você já ouviu falar em Ido Portal? Nascido em Israel, ele jura que transformou o jeito de lutar de Conor McGregor, atual campeão dos penas e estrela da atualidade do UFC. E como ele fez isso? Se espelhando em capoeira no tempo em que ele morou no Brasil. "É uma arte que me apaixonei aos 15 anos", falou ele. 

"Do Oiapoque ao Chuí. Eu já morei em todo o canto no Brasil, tive namorada por lá. Só não falo melhor porque já faz tempo que não pratico". Foi com essa frase em um português quase fluente, aliás, que ele se apresentou aos jornalistas brasileiros presentes em Las Vegas para acompanhar ao UFC 196, onde seu pupilo vai encarar Nate Diaz. Em seu site, ele mesmo se declara o "Mestre do movimento corporal", fala da capoeira e explica a sua técnica. 

A primeira vez em que ele esteve na equipe de treinamento de McGregor foi justamente quando o irlandês arrasou José Aldo e se sagrou campeão dos penas. Sabendo disso, aliás, fica mais fácil entender porque o detentor do cinturão repetiu à exaustão a frase "precisão vence força" durante toda a semana de promoção do evento contra o brasileiro

"É importante lutar, saber técnicas e fazer treinos em todas as modalidades. Mas nada é tão importante quanto ter consciência de seu corpo, de seu movimento. Lutadores de MMA, estou aqui para salvá-los", decretou ele em seu blog.

Para dar tal consciência, Ido mistura técnicas de capoeira com ioga. No treino aberto na última quarta-feira, por exemplo, ele fez McGregor imitar movimentos de um lagarto, com os pés e as mãos sendo o único apoio, sem que o joelho encoste no chão. Em outros vídeos, ele já fez o irlandês copiar tigre, macaco e animais bípedes.

Saindo das imitações de um animal, Ido usa um bastão para dar um toque na cabeça de McGregor e exigir uma resposta imediata. É assim que ele condiciona os lutadores a nunca apanharem sem responder, minimizando os momentos em que eles possam estar na pior no octógono.

"Muitas vezes, o lutador faz coisas por reflexos, ele reage a estímulos. E isso é conhecer o corpo. McGregor tem ganhado cada vez mais consciência disso, de como usar todas as partes do corpo, de como desviar, de como reagir, de como entender como cada parte do corpo vai funcionar e isso vai sempre deixá-lo em vantagem". 

No mesmo estilo de Anderson Silva exaltando Steven Seagal, McGregor também fez questão de valorizar Ido. Em um dos aquecimentos, ele colocou o treinador em destaque e, em todo momento, chamava Ido para mostrá-lo ao público. O próximo teste das técnicas do israelita será neste sábado. É esperar para ver.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo