Topo

MMA

Mesmo derrotado, McGregor ganha salário mais alto da história do UFC

Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports
Irlandês recebeu cerca de R$ 3,7 milhões por lutar contra Nate Diaz Imagem: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports

Da Lancepress

07/03/2016 14h43

Apesar de ter sofrido sua primeira derrota no UFC, finalizado por Nate Diaz, Conor McGregor também teve motivos para comemorar após a edição 196 do evento. O campeão dos penas quebrou mais um recorde e se tornou o primeiro a romper a marca de US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,7 milhões) em pagamento declarado pelo Ultimate à Comissão Atlética de Nevada, entidade que regulamenta a modalidade no estado americano.

Nate Diaz, o grande vitorioso da noite, faturou a metade do irlandês. O americano ficou com US$ 500 mil (cerca de R$ 1,8 milhão), o mesmo valor de Holly Holm, que perdeu o cinturão dos galos em revés para Miesha Tate. A nova campeã da categoria embolsou US$ 92 mil (cerca de R$340 mil).

Até então, o maior salário já recebido por um lutador do UFC pertencia a Anderson Silva. O brasileiro recebera US$ 800 mil (pouco mais de R$ 3 milhões).

O evento também contou com a presença de quatro brasileiros. Entre eles, Amanda Nunes foi a que mais ganhou. A lutadora faturou US$ 56 mil (cerca 200 mil). Mesmo com a derrota, Erick Silva recebeu US$ 34 mil (R$ 125 mil). Vitor Miranda ganhou US$ 32 mil (R$ 118 mil) e Marcelo Guimarães ficou com o valor de US$ 13 mil (aproximadamente R$ 48 mil).

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!