Topo

MMA

Ken Shamrock é pego em exame antidoping em derrota para Royce Gracie

Reprodução/Twitter
Ken Shamrock e Kimbo Slice foram flagrados em exame antidoping Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

11/03/2016 19h01

Após o lutador brasileiro Felipe Olivieri ser flagrado em exame antidoping, foi a vez dos veteranos Kimbo Slice e Ken Shamrock receberem a notícia de que falharam em seus testes antes da luta pelo Bellator 149.

A informação foi publicada pelo site MMA Fighting, que revelou que os atletas foram notificados após as amostras colhidas antes da luta retornarem com o resultado positivo para o uso de substâncias proibidas.

Ainda de acordo com a publicação, os atletas foram suspensos temporariamente pelo Departamento de Licença e Regulação do Texas, estado norte-americano em que o evento foi realizado em 19 de fevereiro. O órgão não quis revelar quais foram as substâncias encontradas na urina dos atletas pois o caso ainda está sob avaliação. Geralmente, atletas que falham em exames antidoping no estado são suspensos por 90 dias e multados em US$ 5 mil (R$ 17,9 mil).

O Bellator, por meio de seu porta-voz oficial, Danny Brener, informou que a organização ainda não foi notificada sobre nenhuma  violação de seus atletas e, por isso, não iria comentar o caso, mas que o presidente Scott Coker já estava ciente do assunto e buscando mais informações.

O evento número 149 da organização foi o que obteve a maior audiência da história, com mais de 1,9 milhão de telespectadores. A luta entre Kimbo Slice e Dada 5000 atingiu a incrível marca de 2,5 milhões de pessoas assistindo, enquanto o duelo entre Ken Shamrock e Royce Gracie teve 100 mil pessoas a menos na frente dos televisores.