Topo

MMA

Brasileiro do UFC é suspenso preventivamente após doping por uso de maconha

Divulgação/UFC
Imagem: Divulgação/UFC

Do UOL, em São Paulo

23/03/2016 17h11

A Comissão Atlética de Nevada (NAC) anunciou a suspensão preventiva do brasileiro Diego Brandão. O lutador do UFC foi pego no exame antidoping por uso de maconha no período de competição da luta contra Brian Ortega, no UFC 195, de 2 de janeiro. O órgão define o período entre 12h antes e 12h depois do combate.

Os resultados dos testes de brandão apontaram níveis excedentes dos permitidos pela Agência Mundial Antidoping (180 ng/ml) e pela NAC (150 ng/ml).

No UFC 195, Brandão foi finalizado por Ortega. Antes disso, o brasileiro vinha de duas vitórias consecutivas: contra Jimmy Hettes e Katsunori Kikuno, ambas por nocaute ainda no primeiro round. O lutador de 28 anos foi o vencedor da edição 14 do TUF dos Estados Unidos.

Este é o segundo caso relacionado ao uso da droga que a Comissão Atlética de Nevada precisará avaliar apenas no início de 2016. Nesta semana, o órgão reverteu a punição imposta a Nick Diaz, flagrado pelo uso da droga após a luta contra Anderson Silva, em 31 de janeiro de 2015. O norte-americano havia sido suspenso por cinco anos por ser reincidente, mas após forte pressão popular e diversos recursos solicitados pelo lutador, a pena acabou diminuindo para 18 meses.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!