MMA

UFC 198 reúne três brasileiros de olho em título. Mas Anderson faz alerta

Reprodução
Anderson Silva avaliou a possibilidade do Brasil ter novos campeões no UFC Imagem: Reprodução

Guilherme Costa

Do UOL, no Rio de Janeiro

31/03/2016 06h00

A luta entre o peso pesado brasileiro Fabrício Werdum, 38, e o desafiante norte-americano Stipe Miocic, 33, é a única que vale título no card do UFC 198, no dia 14 de maio, em Curitiba (PR). No entanto, e por motivos diferentes, disputas de cinturões do Ultimate foram o principal assunto de uma entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (30), em um hotel do Rio de Janeiro (RJ). Enquanto o ex-campeão Anderson Silva, 40, apontou poucas chances de o país ter novos atletas dominantes no circuito, três outros componentes na mesa disseram que se veem perto de um title shot.

Anderson foi questionado sobre o atual panorama dos brasileiros no UFC. “Acredito que perdemos muito daquela força de vontade de subir lá e ter uma renovação. Tive a oportunidade de vir de uma era em que havia grandes ídolos no esporte, e eu pude me espelhar neles para chegar aonde eu cheguei. Não é porque o [Ronaldo] Jacaré está aqui, mas eu aposto todas as minhas fichas nele. Depois dele e do José Aldo, não vejo ninguém que possa vir a ser campeão nos próximos tempos”, respondeu.

Para o Spider, essa é uma demonstração de que o Brasil vive uma entressafra no circuito: “Teve uma época em que nós tínhamos metade dos cinturões. Hoje só temos dois”. Os atuais campeões nascidos no país são Rafael dos Anjos (leves) e Fabrício Werdum (pesados).

O melhor momento do Brasil no UFC aconteceu em 2012, ano em que o país chegou a acumular quatro dos oito cinturões (Anderson Silva nos médios, José Aldo nos penas, Júnior Cigano nos pesados e Renan Barão nos galos). Nas duas temporadas seguintes, começou uma estiagem. No início do ano passado, apenas Aldo resistiu na lista de campeões – ele foi derrotado por Conor McGregor em dezembro e ainda não teve chance de revanche.

Sem Anderson e Aldo, os dois campeões mais longevos nascidos no país, o Brasil agora procura outros candidatos. No card do UFC 198, essa é a situação de Ronaldo Jacaré, 36, e Vitor Belfort, 38, que farão um duelo pelo peso médio.

“Eu tenho certeza que o vencedor merece lutar pelo cinturão. O que é dado pode ser tirado, mas o que é conquistado ninguém pode tirar. É merecimento meu e do Jacaré”, disse Belfort. Depois de Anderson ter sido destronado por Chris Weidman, o atual vencedor dos médios é Luke Rockhold. “Eu estou muito focado no meu objetivo de cinturão”, completou.

Outro postulante ao título que está no card do UFC 198 é Demian Maia, 38, dos meio-médios. Com quatro vitórias nas últimas quatro lutas e 16 triunfos no Ultimate, ele acha que pode desafiar o campeão Robbie Lawler se vencer Matt Brown em Curitiba.

“Ganhando essa luta, chego a cinco vitórias consecutivas e a oito nesse peso. Quero disputar o cinturão”, disse o brasileiro nesta quarta-feira. “Não vou gritar, falar ou ficar repetindo. Se eu vencer, espero não precisar fazer malabarismo para pedir o cinturão. Vou merecer isso”, completou.

Warlley Alves foi o único brasileiro que vive boa fase a adotar um tom mais comedido. “É claro que eu penso em título, mas esse é um plano para daqui dois ou três anos”, disse. Em Curitiba, o lutador invicto vai encarar Bryan Barbarena.
 

Receba notícias de MMA pelo Whatsapp

Quer receber notícias de MMA no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: +55 (11) 94546-6166 (não esqueça do "+55"); 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, escrevendo só: aldo10

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo