Topo

MMA

Morre a ex-lutadora Chyna, estrela da WWE

Tina Fineberg/AP Photo
Joanie Laurer, a Chyna, tinha 45 anos. Estrela dos ringues da WWE entre 1996 e 2011, chegou a estrelar filmes adultos. Causa da morte não foi revelada Imagem: Tina Fineberg/AP Photo

Do UOL, em São Paulo

21/04/2016 08h24

A fisiculturista Joanie Laurer, conhecida como Chyna, morreu nesta quarta-feira aos 45 anos. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa da atleta, que não tornou pública a causa da morte.

“É com profunda tristeza que informamos hoje que perdemos um verdadeiro ícone, uma super-heroína da vida real”, diz o comunicado no site da atleta. “Joanie Laurer, a Chyna, a nona maravilha do mundo (apelido da lutadora), faleceu. Ela viverá para sempre nas memórias de seus milhões de fãs e nas de todos nós que a amávamos”, completa o comunicado.

Nascida em 27 de dezembro de 1970, Chyna trabalhou como garçonete e comissária de bordo no início da década de 90. A partir de 1996, passou a disputar competições de boa forma física – porém, seu tipo físico geralmente custava posições a ela.

Também em 1996, Chyna passou a competir em torneios de luta livre. As atuações atraíram a atenção de Vince McMahon, proprietário da World Wrestling Entertainment (WWE); embora tenha recusado uma proposta inicial, a lutadora acabou aceitando assinando com a organização.

Chyna se tornou uma das mais populares lutadoras da WWE. Em duas ocasiões (novembro de 2000 e janeiro de 2002), foi capa da versão norte-americana da revista Playboy. Aposentada das lutas em 2011, atuou também como atriz de filmes pornográficos entre 2004 e 2013, recebendo inclusive prêmios por suas atuações.

A notícia da morte da lutadora e atriz foi recebida com pesar por diversas personalidades. “Descanse em paz, Chyna”, lamentou a atriz Alyssa Milano em sua conta no Twitter. “Tudo que posso dizer é que Chyna sempre foi incrivelmente carinhosa comigo. Nunca me esquecerei disso. A vida pode ser dura até mais os mais fortes entre nós”, escreveu o lutador Gregory Helms.