MMA

Com carisma, Werdum tenta aproveitar vácuo deixado pela saída de Anderson

Danilo Lavieri/UOL Esporte
Fabrício Werdum atende fãs no treino livre do UFC 198, em Curitiba Imagem: Danilo Lavieri/UOL Esporte

Danilo Lavieri

Do UOL, em Curitiba (PR)

12/05/2016 06h00

Fabrício Werdum quer fazer do UFC 198 o grande marco na sua carreira e mudar de vez seu status no esporte brasileiro. Hoje muito respeitado pelos especialistas em MMA, ele tem no evento deste sábado (14), em Curitiba, a chance de elevar sua idolatria no país ao grande público, atingindo aqueles que não estão acostumados a acompanhar tão de perto o dia a dia das lutas.

E a ausência  de Anderson tem ligação direta com isso. O "vácuo" deixado pela ausência do superstar brasileiro ajuda muito Werdum, que é gaúcho,  mas se sente em casa na capital paranaense.

A começar pela transmissão. O atual campeão dos pesados defenderá seu cinturão contra Stipe Miocic com transmissão ao vivo para o país inteiro pela Rede Globo, aumentando o alcance em relação a outros cards que têm a transmissão apenas do canal por assinaturas, o Combate.

A Globo já chegou a marcar 20 pontos no Ibope quando transmitiu o UFC Rio 3, com Anderson Silva vencendo Stephan Bonnar. A marca significa ao menos 12 milhões de pessoas assistindo ao evento.

A ausência de Anderson Silva no card, aliás, é outro ingrediente para que a luta de Fabrício Werdum ganhe ainda mais força. No primeiro dia de eventos oficiais em Curitiba, ele foi, de longe, o que mais levantou o público. Muito provavelmente, o ex-campeão dos médios conseguiria dividir as atenções não só dos torcedores, mas da imprensa.

É bem verdade que Werdum também tem feito muito esforço para conseguir popularizar a sua marca. Milhares de máscaras com seu rosto foram distribuídos para o público. O lutador ainda promoverá nas redes sociais um sorteio das luvas que usará na principal luta da noite para aquele seguidor que fizer a melhor do que chama de “happy face”. Explica-se: uma careta que mistura sorriso e bico.

No dia a dia em Curitiba, o trabalho de popularização da marca continua. Ele é o lutador mais simpático com o público. Faz questão de aceitar a quase todos os pedidos de fotos e autógrafo e chegou até a interromper entrevistas para atender aos fãs que não conseguiam parar de gritar. No treino livre, parou de dar socos e chutes para pegar o microfone e convocar a participação dos presentes. Conseguiu 100% de sucesso no objetivo.

Por fim, Werdum ainda trará à memória dos fãs de esporte de forma geral um outro momento vitorioso na história do Brasil. Ao caminhar entre o vestiário e o octógono, ele andará com o Tema da Vitória, música que embalou as manhãs de domingo dos que acompanhavam os triunfos de Ayrton Senna na Fórmula 1.

Para completar, não é só no carisma que Werdum pode se justificar como um dos melhores da história do MMA brasileiro. Ele tem no seu cartel incríveis vitórias em cima de nomes que já estiveram entre os melhores do mundo: Minotauro, Fedor Emilianenko e Alistair Overeem, sem contar o triunfo que lhe deu o cinturão em cima de Cain Velásquez.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte - Imagens
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo