MMA

Jacaré massacra Belfort em Curitiba e se aproxima de disputa de cinturão

Danilo Lavieri e Jorge Corrêa

Do UOL, em Curitiba

15/05/2016 00h57

Ronaldo Jacaré mostrou para um estádio lotado porque deve ser o próximo desafiante pelo cinturão dos médios do UFC. Com um jogo perfeito, ele dominou e massacrou Vitor Belfort, conseguindo um nocaute ainda no primeiro round no UFC 198 em Curitiba, com 4min38 de luta.

"Antes de tudo, eu mereço a oportunidade de lutar pelo cinturão. Eu não estou pedindo, eu conquistei essa oportunidade. Eu quero a chance", disse Ronaldo, ainda no octógono, já pensando em enfrentar o campeão Luke Rockhold, que já o venceu no Strikeforce. "Primeiro, eu vou acabar com o Luke se eu pegar ele. Porque é o seguinte: quando ele venceu, teve um juiz que só arbitrou uma luta na vida, que deu cinco rounds para ele. Isso é absurdo."

Rockold defende seu cinturão no UFC 199, no próximo mês, na revanche contra Chris Weidman. O brasileiro tem tudo para ser o próximo desafiante porque, apesar de ter vindo de uma derrota antes de nocautear Belfort, seu adversário naquele combate - o cubano Yoel Romero - acabou sendo flagrado no antidoping. Além disso, o resultado em si foi polêmica e muita gente viu vitória de Jacaré.

A luta - Jacaré começou o combate procurando as primeiras ações e pressionando muito Vitor com chutes e tentativas de queda. Na primeira boa oportunidade que teve, Ronaldo levou a luta para o chão e trabalhou bem o ground and pound, abrindo um grande corte no supercilio de seu rival.

Belfort até conseguiu ficar em pé novamente, mas Jacaré colocou mais uma vez o combate para baixo. Ele até esboçou tentar uma finalização com um katagatame, mas acabou subindo para a montada e ficou batendo até o juiz encerrar a luta e confirmar o nocaute.

Card principal
Stipe Miocic venceu Fabrício Werdum  por nocaute aos 2min47s do 1º round
Ronaldo Jacaré venceu Vitor Belfort por nocaute técnico aos 4min38 do 1º round
Cris Cyborg venceu Leslie Smith por nocaute técnico ao 1min21s do 1º round
Maurício Shogun venceu Corey Anderson por decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28 e 28-29)
Bryan Barberena venceu Warlley Alves por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28)

Card preliminar
Demian Maia finalizou Matt Brown (mata-leão) a 4min31 do 3º round
Thiago Marreta nocauteou Nate Marquardt a 3min39 do 1º round
Francisco Massaranduba venceu Yancy Medeiros por pontos, em decisão unânime dos juízes
John Lineker venceu Rob Font por pontos, em decisão unânime dos juízes
Rogério Minotouro nocauteou Patrick Cummins a 4min52 do 1º round
Serginho Moraes e Luan Chagas empataram por pontos
Renato Moicano venceu Zubaira Tukhugov por pontos, em decisão dividida dos juízes
 

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo