Topo

MMA

Lutador alemão quase morre após ser atacado com facão por ex-treinador

Reprodução/Facebook
Abeku Afful teria sido atacado em sua academia por um ex-treinador Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

20/05/2016 11h55Atualizada em 20/05/2016 18h03

Um grave crime quase resultou na morte do lutador alemão Abeku Afful na noite da última quarta-feira, em Hamburgo, na Alemanha.

Segundo informações publicadas pelo jornal alemão "GNP1", e replicadas pelo site norte-americano "Bj Penn", o lutador teria sido gravemente ferido após ser atacado por homens encapuzados, que trajavam facões, facas e cassetetes, na sede de sua academia.

O atleta, que compete como peso médio, teria sofrido um grave corte em uma artéria após ser atingido na perna por um facão. O ferimento provocou uma grande perda de sangue, que colocou a vida do lutador em risco. Afful foi encaminhado para o hospital imediatamente após o ataque, foi submetido a uma cirurgia e está em observação em uma Unidade de Terapia Intensiva, já sem correr risco de morte.

Ainda segundo a publicação alemã, o responsável pelo ataque teria sido Ismail Cetinkaya, ex-mestre de Afful, junto com outras duas pessoas. Os três teriam sido detidos após Cetinkaya ter sido identificado por testemunhas por sua "voz e estatura".

De acordo com o site norte-americano "MMA Fighting", Afful é um ex-aluno de Cetinkaya, que se desentendeu com o mestre quando anunciou que iria abrir sua própria academia. O lutador já havia relatado ter sofrido ameaças de morte antes de ser atacado.

Mais tarde, Afful falou pela primeira vez sobre o ocorrido, em seu Facebook. O lutador agradeceu a um amigo que o ajudou no momento do ataque. “Não foi a polícia que me salvou. Foi você. Se não fosse por você, eu estaria morto agora. Devo minha vida a você, obrigado”.

No texto, Afful diz perdoar os agressores e disse que iria descansar. “Vamos ver se serei capaz de lutar de novo. Pelo menos não perdi minha perna. Obrigado a todos que me incluíram em seus pensamentos e orações”.

A polícia alemã ainda não emitiu nenhum comunicado oficial sobre o ocorrido. Abaixo, há uma imagem do corte sofrido pelo atleta.

IMAGEM FORTE

Reprodução/Internet
Lutador sofreu corte profundo na perna após ataque Imagem: Reprodução/Internet

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!