MMA

Comissão Atlética revela substâncias encontradas em antidoping de Jon Jones

Diego Ribas/Ag. Fight
Jon Jones chorou em coletiva de imprensa após revelar caso de doping Imagem: Diego Ribas/Ag. Fight

Do UOL, em São Paulo

18/07/2016 14h09

A Comissão Atlética de Nevada confirmou nesta segunda-feira (18) que Jon Jones foi flagrado em exame antidoping por uso de bloqueadores de estrogênio. As substâncias por si só não configurariam doping, mas como elas podem ser usadas para mascarar o consumo de itens anabólicos, elas passaram a ser restritas pela Agência Norte-Americana de Doping (USADA, na sigla em inglês).

Segundo a Comissão Atlética de Nevada, Jones testou positivo para uso de hydroxy-clomiphene e metabólitos de letrozole. De acordo com Caroline Bateman, procuradora da entidade, as substâncias foram banidas pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) há cerca de um ano.

Os bloqueadores de estrogênio podem ser utilizados por atletas para ocultar o uso de substâncias de melhoria de performance. Por ser um hormônio feminino, ele pode ser utilizado para equilibrar a produção natural de testosterona.

Em uma votação unânime, os membros da Comissão Atlética de Nevada optaram por suspender temporariamente o campeão interino meio-pesado do UFC. Uma audiência formal deverá acontecer ainda este ano. Para realizar sua defesa, Jon Jones contratou Howard Jacobs, advogado que já trabalhou com outros atletas envolvidos em casos parecidos.

O teste em que Jones foi flagrado aconteceu fora do período de competições, no dia 16 de junho. A luta contra Daniel Cormier estava agendada para acontecer no dia 09 de julho, na T-Mobile Arena, em Las Cegas. O resultado foi divulgado apenas dia 6 de julho, o que quase forçou o cancelamento da luta. Entretanto, Anderson Silva aceitou substituir Jon Jones e Cormier foi mantido no card, em luta que não valeu o cinturão da divisão.

“Olha, eu não sou o maior fã do Jon Jones neste momento, mas eu realmente acredito que ele tomou um suplemento que tinha substâncias banidas nele e isso não foi intencional. Eu realmente acredito nisso”, declarou Dana White na ocasião ao avaliar a explicação dada por Jones de que teria ingerido algum suplemento contaminado.

“Mas, ao mesmo tempo, vamos lá, né? Você tem 28 anos de idade, e você provavelmente é o maior talento a ter passado por este esporte, certo? Então ligue para a USADA e diga a eles quais suplementos você está tomando. Você já passou por esta história de coisas absolutamente malucas. Por que você, esqueça a parte de ter feito isso conosco, estaria fazendo isso com você mesmo?”, questionou Dana White.

O resultado da amostra B ainda não foi divulgado pelo UFC, USADA ou Comissão Atlética de Nevada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo