MMA

Mais maduro, Browne vê "brechas" em Werdum e já até sonha com cinturão

Brandon Magnus/Zuffa LLC
Travis Browne já conha com disputa de cinturão dos pesos-pesados Imagem: Brandon Magnus/Zuffa LLC

Guilherme Dorini

Do UOL, em São Paulo

09/09/2016 12h00

Muita coisa mudou desde a primeira vez em que Fabrício Werdum e Travis Browne se encontraram no octógono em abril de 2014, em um evento realizado em Orlando (EUA). O brasileiro virou campeão interino, linear e até mesmo já perdeu o título, enquanto o havaiano busca, desde então, uma regularidade no UFC. Neste sábado, desta vez em Cleveland, o destino fez com que os pesos-pesados voltassem a se encontrar. E, para o norte-americano, será a vez dele de brilhar.

Browne se diz mais maduro do último encontro entre eles e espera que essa experiência maior possa fazer a diferença no confronto. "Venho trabalhando e melhorando meu jogo com um técnico diferente nos últimos anos. Também estou mais maduro e acho que muita coisa mudou de lá para cá", disse em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Quando perguntado sobre o que poderia fazer de diferente, o havaiano fez mistério. "Muitas coisas aconteceram naquela luta, coisas que hoje não vão mais acontecer. Mas, para mim, acho que a principal mudança é entrar lá dentro e seguir meu plano de luta, mostrando algumas das minha novas habilidades que aprendi nestes últimos anos", completou.

Josh Hedges/Zuffa LLC
Werdum atropelou Browne em 2014 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

Como todo adversário que entra no octógono contra Werdum, Browne teme o jogo de chão do brasileiro. "Não me vejo indo para o chão com ele, já que ele é um dos melhores lutadores de jiu-jitsu dos pesos-pesados. Mas, se acontecer, será uma coisa que terei que lidar". Por outro lado, o havaiano vê um ponto fraco para aproveitar. "Acho que suas fraquezas são as de sempre, principalmente no jogo em pé, onde vejo algumas brechas para entrar", disse.

Apesar de ser apenas o sexto colocado no ranking dos pesos-pesados, Browne acredita que uma vitória sobre Werdum o colocará em uma disputa de cinturão, que também será decidido neste sábado, quando Alistair Overeem desafia o atual campeão Stipe Miocic.

"Se eu vencer, não vejo por que não merecer uma disputa de título. Ele (Werdum) acabou de perder o cinturão, está lutando por uma nova chance ao cinturão… Não teria razão para eu não ter essa oportunidade", enfatizou.

Browne aceitou a revanche contra o brasileiro faltando menos de um mês para o combate, já que Ben Rothwell, que estava escalado originalmente para o duelo, acabou se machucando e dando a oportunidade ao namorado de Ronda Rousey. O pouco tempo de preparação, no entanto, não o preocupa. "Me sinto bem, estou em grande forma, acho que mostrei isso na última luta. Não tive nenhum problema neste camping".

Josh Hedges/Zuffa LLC
Fabrício Werdum e Travis Browne se enfrentaram em 2014 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

O combate entre Fabrício Werdum e Travis Browne foi um divisor de águas aos lutadores em 2014. Para o brasileiro, para o bem, já que teve a oportunidade de lutar pelo cinturão (que viraria interino por conta da lesão de Velásquez). Para o norte-americano, para o mal, afinal, foi a partir desta derrota que ele começou viver um período instável em sua carreira.

Depois de ser dominado por Werdum - foi derrotado por decisão unânime dos jurados após cinco rounds -, Browne, que vinha de três vitórias seguidas, não conseguiu mais se encontrar na categoria dos pesos-pesados, intercalando um triunfo com um fracasso. Até derrubou Brendan Schaub, mas foi nocauteado por Andrei Arlovski, venceu Matt Mitrione e, mais uma vez, acabou nocauteado, dessa vez para Cain Velasquez, em julho deste ano.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo