MMA

Avassaladora, Cyborg quer entrar para história em superlutas e sugere Ronda

Eraldo Peres/AP
Imagem: Eraldo Peres/AP

DO UOL, em São Paulo

25/09/2016 10h29

Depois de mais uma vitória contundente no UFC na noite do último sábado, a brasileira Cris Cyborg disse que pretende entrar para a história do esporte por superlutas e voltou a pedir uma luta com Ronda Rousey.

"Estou muito feliz com o resultado. Agora estou pensando nas minhas férias, acabei de lutar em maio no UFC Brasil, mas não tiro a oportunidade de lutar de novo (em breve). Eu tenho dois cinturões na minha casa, não quero outro. Eu penso em fazer ‘superlutas’ para os meus fãs. Acredito que as superlutas que vão ficar para a história”, afirmou.

Sobre Ronda Rousey, Cyborg voltou a dizer que gostaria de lutar com a americana que não compete desde novembro de 2015, quando foi nocauteada por Holly Holm. Para isso, mais uma vez sugeriu uma luta em peso casado, já que Ronda luta no galo (até 61 kg) e ela teve dificuldades mais uma vez em atingir os 63,5 kg para a luta de sábado.

“Eu nunca escolho a adversária, mas eu faço meu sacrifício pata bater o peso (63,5 kg). Quem sabe a gente faz a luta que todo mundo espera com a Ronda”, disse.

No evento disputado em Brasília, Cyborg nocauteou a sueca Lina Lansberg no segundo round em uma atuação dominante. Ela já havia derrotado Leslie Smith de forma ainda mais rápida em maio, mas vê um lado positivo em uma luta mais demorada.

“Meus treinadores sempre falam para eu esperar um pouco mais porque a luta tem cinco rounds. Mas é fácil falar quando não está lá, né? Gostei dessa luta porque a Lina é uma pessoa que veio do muay thai e conseguiu levar até o segundo round, então pude mostrar mais o meu jogo”, declarou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Ag. Fight
Redação
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo