MMA

Treinador revela desabafo de Aldo e não descarta ir à justiça contra o UFC

Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images
Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

28/09/2016 19h23

José Aldo está mesmo decidido a romper contrato com o UFC e até a se aposentar do MMA. Nesta quarta-feira (78), o treinador do astro, Dedé Pederneiras, em entrevista ao site do Combate, revelou um desabafo do manauara e não descartou a possibilidade de ele ir à justiça contra a organização.

O brasileiro, atual campeão interino dos pesos penas, irritou-se com a decisão do Ultimate de permitir que o dono do título regular da sua divisão, Conor McGregor, dispute também o cinturão da categoria acima, a dos leves. Aldo esperava unificar os títulos com o irlandês, conforme lhe foi prometido pela franquia.  

Dedé contou conversa que teve com Aldo: "Foi como ele falou: 'Cara, se eu não valho nada, eu vou sair. Quero estar em algum lugar em que eu valha alguma coisa. Eu quero ser valorizado. Eu nunca recebi nada de graça. Nunca ganhei um presente de nada disso, e nunca reclamei! Só que agora estou num momento que não sou mais um garoto. Tenho 30 anos, e tenho mais um tempo de vida dentro do esporte. Quero fazer outras coisas. Talvez eu nem lute mais MMA, vá lutar outras coisas'". 

Além de treinador, Pederneiras também é empresário do lutador brasileiro. Ele conta que Aldo acumula conflitos com o UFC. Os casos são vários: Dana White, por exemplo, já duvidou de uma lesão do atleta e já proibiu que ele fizesse movimentação entre categorias parecida com a que McGregor fará agora. Desta vez foi a gota d'água. 

"Ele já estava muito irritado com a situação de deixá-lo em 'banho maria', sem dar uma resposta. Você não pode fazer isso com um cara como o Aldo. Você pode fazer isso com um cara que entrou no UFC agora, não com um cara que ficou 10 anos invicto, não com um cara que foi o primeiro e único campeão até perder o cinturão numa situação de 13s, e que fez por merecer uma revanche, te enganaram e não aconteceu", considerou. 

"Acho que a empresa tem seu lado financeiro, eu tenho empresa aqui e sempre vou pensar no lado financeiro, mas não vou mentir para um funcionário meu. Se não tem como fazer, não tem como fazer. Não vou falar para todo mundo isso, botar no jornal para todo mundo ver, e depois eu mesmo ser pego numa mentira", prosseguiu Dedé. 

Pederneiras afirmou que Aldo não tem mais vontade de seguir no MMA, por ter 30 anos e querer se aventurar em novos esportes, em outras lutas. O manauara, no entanto, tem mais seis lutas programadas em contrato com o UFC. Ele quer a rescisão, mas Dana White já declarou ser contrário a isso. Para resolver o impasse, Dedé não descarta ir à justiça. 

"Acho que o Dana e os novos donos do UFC têm que entender que têm um funcionário que está totalmente insatisfeito e não quer continuar. Se ele disser: 'Patrão, quero ir embora', a resposta não pode ser: 'não, você vai ficar preso a mim, você não pode fazer mais nada, mas não vai sair daqui.” Isso é uma coisa legal? Cria-se uma insatisfação de [que] ele vai entrar na Justiça. Ele teria que entrar na Justiça para cortar esse contrato. E o desgaste de uma pessoa insatisfeita, com o moral que o Aldo tem, falando m*** para todo mundo de diversas coisas, acho que uma empresa não vai querer um cara desses todo dia na mídia falando uma besteira. A gente não quer ter uma guerra, não quer ter uma briga, não quer falar mal de ninguém. A gente só quer ter o direito de falar assim, “Não quero mais estar aqui. Não é o dinheiro, não quero estar mais aqui", explicou. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo