MMA

McGregor anuncia que será pai no começo de 2017 e quer virar "dono" do UFC

Do UOL, em São Paulo

13/11/2016 06h18

Conor McGregor finalmente revelou o "grande segredo" que guardou para contar após o UFC 205, realizado neste domingo (13): o irlandês será pai no começo de 2017. A estrela da companhia disse ainda que tirará um tempo para se afastar do esporte e acompanhar o nascimento de seu filho, sem determinar data de retorno, e cobrou do Ultimate uma fatia na sociedade que administra a franquia. Isso mesmo, McGregor quer ser um dos donos do UFC. 

"Serei pai, o bebê nascerá no início do ano que vem", disse, arrancando aplausos dos jornalistas presentes. "É para maio, por aí.  Estou com muito medo, para falar a verdade. Não sei o que fazer, pois não quero trazer meu filho ao mundo no meio disso tudo. Não quero que o nascimento do meu filho vire um desses reality shows de celebridade. Quero que esse bebê seja muito feliz, por isso vou tirar um tempo e ver como vai ser", acrescentou o lutador de 28 anos. 

A notícia foi dada por McGregor logo depois de se tornar o primeiro atleta do Ultimate a ser dono de dois cinturões simultaneamente, dos penas e dos leves - o último foi conquistado na madrugada deste domingo, ao nocautear Eddie Alvarez no segundo round. 

E o fato de realizar algo inédito no UFC, somado à condição de futuro pai, fez McGregor cobrar maior valorização dentro da organização. "Quero fazer parte da sociedade que administra o UFC. Quero minha parte, eu conquistei isso. Quem são os novos donos do UFC? As celebridades têm fatias do UFC. Eu quero a minha parcela, mereço o meu pedaço", argumentou. 

Ele prosseguiu: "Tem uma família no jogo agora, há uma criança a caminho. Estou querendo o que é meu, se querem que eu lute. Veja, eu superei o meu contrato. Sei que eu sou o mais bem pago aqui, mas, se quiserem que eu continue, que me coloquem a bordo realmente. Não assim como estamos. Eu preciso estar preparado para a vida toda".

McGregor foi a grande estrela do card do histórico UFC NY, que voltou ao estado norte-americano depois de duas décadas de batalhas jurídicas e políticas. E não decepcionou: em lutador sobrou no octógono contra Alvarez - conseguiu dois knockdowns no primeiro round e nocauteou no assalto seguinte. 

Confira resultados do UFC 205:

Conor MCGregor nocauteou Eddie Alvarez no 2º round;
Tyron Woodley e Stephen Thompson empataram de forma majoritária;
Joanna J?drzejczyk venceu Karolina Kowalkiewicz por decisão unânime;
Yoel Romero nocauteou Chris Weidman no 3º round;
Raquel Pennington venceu Miesha Tate por decisão unânime;
Frankie Edgar venceu Jeremy Stephens por decisão unânime;
Khabib Nurmagomedov finalizou Michael Johnson no 3º round;
Tim Boetsch nocauteou Rafael ‘Sapo’ Natal no 1º round;
Vicente Luque nocauteou Belal Muhammad no 1º round;
Jim Miller venceu Thiago ‘Pitbull’ Alves por decisão unânime;
Liz Carmouche venceu Katlyn Chookagian por decisão dividida

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Topo