Topo

MMA

Campeão dos meio-médios, Woodley topa "desafio" e chama McGregor para luta

Do UOL, em São Paulo

13/11/2016 06h13

Tyron Woodley é quem será agora "assombrado" por Conor McGregor. O irlandês, neste domingo (13), conquistou o título peso leve, e a próxima divisão de peso é a dos meio-médios, da qual Woodley é o campeão. Em entrevista após o UFC 205, realizado em Nova York, ele adiantou que aceita um "desafio" da maior estrela atual do MMA. 

"Se Mcgregor quiser lutar, e ele está fazendo muito barulho por trás, eu assino contrato agora. Só acho que não é uma boa ideia para ele", disse. "Tenho 100% de certeza que ele jamais sentiu força igual à que eu posso atingi-lo". 

E prosseguiu: "Veja, ele é alto, tem braços longos, é muito preciso... mas ele luta em 65 kg. Eu não peso isso desde o meu segundo ano do ensino médio", brincou. 

McGregor também foi questionado sobre Woodley na entrevista: "Talvez um terceiro cinturão venha por aí. Há opções", respondeu. "É claro que Woodley quer me enfrentar, isso é o que todos querem. Eu faço o dinheiro no UFC!"

O curioso é que Woodley tem futuro definido no UFC: após empate majoritário com Stephen Thompson neste domingo - resultado que lhe assegurou a manutenção do cinturão -, terá de fazer revanche imediata contra o norte-americano. Mais do que isso, o brasileiro Demian Maia está na fila por uma chance de disputar o posto mais alto da categoria. 

A despeito de tudo isso, só se falou de McGregor na entrevista. O irlandês conquistou feito histórico na organização ao vencer Eddie Alvarez - é o primeiro atleta do Ultimate a acumular dois cinturões simultaneamente, o dos penas e o dos leves. Será que Conor tem fôlego e disposição por um terceiro? Vale lembrar que ele vem de duas lutas na divisão, ambas contra Nate Diaz. Perdeu a primeira, mas venceu a segunda. 

Confira resultados do UFC 205:

Conor MCGregor nocauteou Eddie Alvarez no 2º round;
Tyron Woodley e Stephen Thompson empataram de forma majoritária;
Joanna J?drzejczyk venceu Karolina Kowalkiewicz por decisão unânime;
Yoel Romero nocauteou Chris Weidman no 3º round;
Raquel Pennington venceu Miesha Tate por decisão unânime;
Frankie Edgar venceu Jeremy Stephens por decisão unânime;
Khabib Nurmagomedov finalizou Michael Johnson no 3º round;
Tim Boetsch nocauteou Rafael ‘Sapo’ Natal no 1º round;
Vicente Luque nocauteou Belal Muhammad no 1º round;
Jim Miller venceu Thiago ‘Pitbull’ Alves por decisão unânime;
Liz Carmouche venceu Katlyn Chookagian por decisão dividida

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!