MMA

Campeão dos meio-médios, Woodley topa "desafio" e chama McGregor para luta

Do UOL, em São Paulo

13/11/2016 06h13

Tyron Woodley é quem será agora "assombrado" por Conor McGregor. O irlandês, neste domingo (13), conquistou o título peso leve, e a próxima divisão de peso é a dos meio-médios, da qual Woodley é o campeão. Em entrevista após o UFC 205, realizado em Nova York, ele adiantou que aceita um "desafio" da maior estrela atual do MMA. 

"Se Mcgregor quiser lutar, e ele está fazendo muito barulho por trás, eu assino contrato agora. Só acho que não é uma boa ideia para ele", disse. "Tenho 100% de certeza que ele jamais sentiu força igual à que eu posso atingi-lo". 

E prosseguiu: "Veja, ele é alto, tem braços longos, é muito preciso... mas ele luta em 65 kg. Eu não peso isso desde o meu segundo ano do ensino médio", brincou. 

McGregor também foi questionado sobre Woodley na entrevista: "Talvez um terceiro cinturão venha por aí. Há opções", respondeu. "É claro que Woodley quer me enfrentar, isso é o que todos querem. Eu faço o dinheiro no UFC!"

O curioso é que Woodley tem futuro definido no UFC: após empate majoritário com Stephen Thompson neste domingo - resultado que lhe assegurou a manutenção do cinturão -, terá de fazer revanche imediata contra o norte-americano. Mais do que isso, o brasileiro Demian Maia está na fila por uma chance de disputar o posto mais alto da categoria. 

A despeito de tudo isso, só se falou de McGregor na entrevista. O irlandês conquistou feito histórico na organização ao vencer Eddie Alvarez - é o primeiro atleta do Ultimate a acumular dois cinturões simultaneamente, o dos penas e o dos leves. Será que Conor tem fôlego e disposição por um terceiro? Vale lembrar que ele vem de duas lutas na divisão, ambas contra Nate Diaz. Perdeu a primeira, mas venceu a segunda. 

Confira resultados do UFC 205:

Conor MCGregor nocauteou Eddie Alvarez no 2º round;
Tyron Woodley e Stephen Thompson empataram de forma majoritária;
Joanna J?drzejczyk venceu Karolina Kowalkiewicz por decisão unânime;
Yoel Romero nocauteou Chris Weidman no 3º round;
Raquel Pennington venceu Miesha Tate por decisão unânime;
Frankie Edgar venceu Jeremy Stephens por decisão unânime;
Khabib Nurmagomedov finalizou Michael Johnson no 3º round;
Tim Boetsch nocauteou Rafael ‘Sapo’ Natal no 1º round;
Vicente Luque nocauteou Belal Muhammad no 1º round;
Jim Miller venceu Thiago ‘Pitbull’ Alves por decisão unânime;
Liz Carmouche venceu Katlyn Chookagian por decisão dividida

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte - Imagens
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo